Tamanho do texto

Marketing digital é sempre um assunto delicado para empreendedores com orçamentos enxutos, mas já é uma imposição da lógica de mercado atual

Brasil Econômico

O marketing digital é uma das melhores alternativas aos tradicionais e caros meios de propagação de marca
iStock
O marketing digital é uma das melhores alternativas aos tradicionais e caros meios de propagação de marca

Digamos que você finalmente tenha conseguido guardar aquele dinheiro suado e tirado do papel o tão esperado sonho do próprio negócio.  Digamos ainda que você tenha se formalizado como Microempreendedor Individual (MEI) , com o tributo único de baixo custo e sendo possível trabalhar de casa (dependendo do negócio). Ótimo, tudo no esquema. Mas, além de planejamento, mensuração, base de clientes, relacionamento, prospect e faturamento, é preciso atentar para o marketing digital.

Quem tem o próprio negócio sabe que o marketing digital hoje não é mais uma opção, mas uma imposição do mercado. Para o empreendimento decolar é importante adotar uma estratégia no ambiente digital, que não se aplica somente a ter um site ativo.

LEIA MAIS: AS 5 dúvidas mais comuns dos Microempreendedores Individuais

Mesmo com poucos recursos há possibilidades para se fazer um trabalho de marketing digital que consiga colocar o empreendedor na disputa com os grandes concorrentes. Confira a lista de práticas selecionada por especialistas da Serasa Experian Marketing Servicespara obter bons resultados na web. 

Planejamento prévio

É imprescindível traçar seus objetivos antes de partir para o plano tático. Você precisa saber onde quer chegar (financeiro, objetivo e posicionamento) para conseguir montar o plano tático. Alguns pontos que você precisa saber para traçar seu objetivo: recebimentos de pedidos, atendimento e entrega, faturamento e geração de relatórios, aumento das vendas, NBO (Next Best Offer) para clientes existentes e prospecção de clientes novos.

Análise das informações já disponíveis

O registro de um cliente ou prospect não se resume apenas a um nome e endereço. Esse é apenas o ponto de partida para uma série de informações adicionais que podem aprimorar seu relacionamento e ajudá-lo a se comunicar com os clientes de forma eficaz. Lembre-se, todo mundo prefere um contato personalizado (ser chamado por um nome ou apelido e até mesmo receber uma informação específica). 

LEIA MAIS:  Veja quais autônomos se encaixam na categoria MEI

Conheça o seu cliente e o seu público-alvo

Um dos segredos é conhecer os seus clientes para conseguir atingí-lo de forma eficaz. Você pode utilizar informações externas para conseguir novas informações dos consumidores. É possível adquirir dados a partir de ferramentas do mercado. Outra dica é separar seus clientes em três bases: clientes fiéis (alto ticket médio e perder é um grande custo), clientes pontuais (não são tão engajados, mas tem oportunidade de rentabilizar) e clientes inativos (pode ser até um ex-cliente). 

Captação é fundamental

Agora que identificou o perfil do público-alvo é necessário buscar novos clientes para aumentar sua base de atuação e também para evitar a estagnação de vendas. Você precisa ter essas informações em seu planejamento para conseguir atuar no momento certo. É muito importante reduzir custos direcionando sua campanha de prospecção para os perfis corretos. A dica é não sair falando com todo mundo, é preciso escolher as pessoas certas para não perder munição, já que vivemos em um mercado muito competitivo.

Relacione-se e mensure

Um ciclo de vida bem planejado é a garantia de que o cliente se sentirá bem acolhido. Nesse ciclo existem alguns desafios: planejamento, formas de comunicação e tratar os dados para agregar no relacionamento com o cliente. Cada etapa do ciclo de vida apresenta oportunidades para a implementação de réguas de relacionamento - Aquisição (boas vindas, cadastros e newsletter), Ativação (cupons, lançamentos e experimentação), Engajamento (aniversário, indicações e preferências), Reativação (pesquisas, eventos e descontos exclusivos) e Conversão (confirmação de compra, produtos complementares e incentivos a próxima compra).

Atualize-se

Use e abuse do marketing digital e não se limite a buscar por informações só dentro do seu negócio. É muito importante fazer comparações com os concorrentes, mas também fique atento com segmentos que podem trazer boas ideias para o seu negócio. Com relação aos dados fique atento, pois as informações perdem valor ao longo do tempo. É necessário sempre alimentar e atualizar os dados da sua base de clientes e prospect.