Tamanho do texto

Agências da Caixa funcionarão com horário estendido até terça-feira (16) e abrirão no sábado, procurando facilitar a retirada dos recursos em todo País

Agência Caixa FGTS arrow-options
Antonio Cruz/Agência Brasil - 10.3.2017
Saques do FGTS começam nesta sexta-feira (13) e alteram programações de agências da Caixa em todo o Brasil

Começa nesta sexta-feira (13) a liberação dos recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) em todo o País. Na data de início dos saques, serão contemplados os trabalhadores com conta poupança na Caixa Econômica Federal nascidos em janeiro, fevereiro, março e abril.

Leia também: Caixa prorroga prazo para cliente do banco antecipar saque de R$ 500 do FGTS

De acordo com a Caixa , neste início de calendário cerca de 11,7 milhões receberão automaticamente o valor, limitado a R$ 500 por conta vinculada, movimentando ao todo R$ 4,8 bilhões. Conforme o banco público, cerca de 33 milhões de pessoas (34% dos que receberão dinheiro do Fundo) poderão receber crédito automático em conta poupança.

Para facilitar o atendimento, as agências da Caixa terão funcionamento com horário estendido por duas horas entre esta sexta (13) e a próxima terça (16). As agências que normalmente abrem às 11h vão iniciar o atendimento às 9h; aquelas que abrem às 10h iniciarão os trabalhos às 8h e as que abrem às 9h atenderão a partir das 8h, tendo uma hora a mais ao final do expediente. No caso de agências que abrem às 8h, serão duas horas a mais ao final do horário de atendimento. Além disso, as agências abrirão neste sábado (14), das 9h às 15h.

Quem optar por não retirar os recursos deverá informar ao banco, por meio dos canais divulgados no site , para que os procedimentos necessários sejam tomados e os valores não sacados retornem à conta vinculada ao FGTS .

Opcional, o saque é uma medida de estímulo à economia anunciada pelo governo de Jair Bolsonaro (PSL) e pode garantir um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de cerca de 1% em 2019. Ao todo, 96 milhões de brasileiros poderão ser beneficiados pela liberação. Não há limite para o número de contas, então um mesmo trabalhador poderia sacar, por exemplo, R$ 2.500 de cinco contas diferentes.

Leia também: O que fazer com os R$ 500 do FGTS: pagar dívida, deixar parado ou gastar?

“A Caixa atenderá a todos até o final do calendário. O pagamento será feito por vários canais de atendimento, com tranquilidade e segurança”, assegura Pedro Guimarães , presidente do banco público.

Para clientes da Caixa, o pagamento será dividido em dois calendários:

Crédito automático em conta poupança – contas abertas até 24/7/2019

  • Aniversário em janeiro, fevereiro, março e abril - a partir de 13 de setembro;
  • Aniversário em maio, junho, julho e agosto - a partir de 27 de setembro; e
  • Aniversário em setembro, outubro, novembro e dezembro - a partir de 9 de outubro.

Quem não quiser o crédito automático pode cancelar pelo site , internet banking Caixa e no App FGTS .

Outros canais da Caixa

  • Aniversário em janeiro - 18/10/2019;
  • Aniversário em fevereiro - 25/10/2019;
  • Aniversário em março - 8/11/2019;
  • Aniversário em abril - 22/11/2019;
  • Aniversário em maio - 6/12/2019;
  • Aniversário em junho - 18/12/2019;
  • Aniversário em julho - 10/1/2020;
  • Aniversário em agosto - 17/1/2020;
  • Aniversário em setembro - 24/1/2020;
  • Aniversário em outubro - 7/2/2020;
  • Aniversário em novembro - 14/2/2020; e
  • Aniversário em dezembro - 6/3/2020.

Saques de até R$ 100 por conta podem ser feitos em unidades lotéricas de todo o País, utilizando o CPF e o documento de identificação. Saques acima de R$ 100 e de até R$ 500 por conta podem ser feitos, além das unidades lotéricas ou correspondentes CAIXA AQUI, utilizando o documento de identificação e Cartão do Cidadão com senha, nos terminais de autoatendimento, com CPF e a senha Cidadão.

Como consultar seu saldo na conta do FGTS

A consulta do valor disponível em sua conta do Fundo está disponível no site da Caixa Econômica Federal. Para isso, é preciso realizar um cadastro, em que é requerido o seu  número do NIS/PIS  (disponível no Cartão do Cidadão, na Carteira de Trabalho ou no extrato impresso do FGTS) e criar uma senha.

Site da Caixa

  • Informe o seu número do NIS/PIS e faça seu cadastro, clicando em "criar senha";
  • Leia o regulamento e clique em aceito;
  • Preencha seus dados pessoais; e
  • Crie uma senha de até oito dígitos.

Após seguir esses passos, basta realizar o login para poder acessar suas informações.

Aplicativo

Com a mesma senha do site, é possível checar as informações no seu celular, no  aplicativo do FGTS . O app está disponível para Android, iOS e Windows Store. O cadastro da senha também pode ser feito diretamente no celular, seguindo os mesmos passos do site. Confira o passo a passo para se cadastrar pelo app:

  • Na tela inicial, clique em "Primeiro Acesso";
  • Leia o contrato e aperte em "aceitar";
  • Informe o número do NIS/PIS e aperte "Continuar";
  • Preencha o formulário e aperte "Próximo"; e
  • Crie a senha e clique em cadastrar.

SMS e email

Pelo celular, é possível receber a cada mês informações atualizadas sobre saldo disponível e depósitos feitos na conta por SMS. O serviço também está disponível por email. Neste caso, a escolha substituiria o extrato do Fundo em papel, que é enviado a cada dois meses.

O cadastro para esses serviços também deve ser feito no site da Caixa ou pelo aplicativo do FGTS. Caso opte pelo extrato impresso, as opções digitais também permitem atualização do endereço.

Leia também: Não quer saque emergencial do FGTS? Saiba cancelar crédito automático na Caixa

A Medida Provisória 889/2019 publicada pelo governo federal, responsável pela criação das novas formas de saque do FGTS, criou dois novos tipos de resgatar o valor disponível no Fundo. Além do saque emergencial limitado a R$ 500, a outra opção é o  saque aniversário , disponível a partir de abril de 2020.