Tamanho do texto

Com base no salário mínimo, valor do abono salarial varia de R$ 80 a R$ 954 conforme o número de meses trabalhados com carteira assinada de 2016

Brasil Econômico

Têm direito ao saque do PIS/Pasep trabalhadores privados nascidos em janeiro e fevereiro e servidores com inscrição final 5
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Têm direito ao saque do PIS/Pasep trabalhadores privados nascidos em janeiro e fevereiro e servidores com inscrição final 5

Um novo lote de pagamento do PIS/Pasep ano-base 2016 foi liberado nesta quinta-feira (18) para trabalhadores da iniciativa privada que nasceram em janeiro e fevereiro e trabalhadores do setor público que têm inscrição com final 5. O valor abono salarial  vai de R$ 80 a R$ 954 conforme o tempo trabalhado com carteira assinada em 2016 e pode ser sacado nas agências da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil.

Leia também: Conta de luz terá bandeira verde até março por conta de chuvas nas hidrelétricas

Segundo a Caixa, o pagamento do abono salarial para os trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro deverá totalizar R$ 2,48 bilhões. Cerca de 3,4 milhões de trabalhadores da iniciativa privada têm direito a receber alguma quantia nesta etapa de pagamentos do  PIS/Pasep . Quem possui conta corrente com saldo acima de R$ 1 e movimentação na Caixa recebeu o crédito automático na terça-feira (16). 

Leia também: Tarifas de embarque ficam mais caras em voos nacionais e internacionais

Os valores para os trabalhadores privados nascidos entre julho e dezembro, assim como os servidores públicos com inscrição com finais entre 0 e 4 já foram liberados nas etapas anteriores do calendário do PIS/Pasep. Em 22 de fevereiro, será a vez dos trabalhadores nascidos em março e abril e servidores com inscrição com finais 6 e 7 receberem o benefício.

Quem tem direito ao saque do PIS/Pasep de 2016?

Além de ter trabalhado com carteira assinada em 2016, o trabalhador precisa cumprir alguns requisitos para receber o valor do abono salarial. Entre eles, ter remuneração média de até dois salários mínimos, estar inscrito no PIS (Programa de Integração Social) ou no Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) há pelo menos cinco anos e ter os dados informados na Relação Anual de Informações Sociais (Rais),

Leia também: MEI que não pagar dívidas pode ficar impedido de trabalhar formalmente

Caso você preencha os requisitos para receber o PIS/Paser, é possível realizar uma consulta no site do Ministério do Trabalho . Para isso, é preciso ter em mãos o número do PIS ou do CPF, além de informar a data de nascimento. A informação aos beneficiários do PIS está disponível no  site da Caixa ou pelo telefone 0800 726 0207. Os beneficiários do Pasep têm acesso a mais detalhes no  site do Banco do Brasil ou pelo número 0800 729 0001.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.