Tamanho do texto

Preço da gasolina nas refinarias vai passar por uma redução de 0,1% a partir de quarta-feira (3); já o diesel, por outro lado, terá um acréscimo de 0,6%

Preço final da gasolina vai depender de cada empresa revendedora e dos postos de combustíveis
Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas
Preço final da gasolina vai depender de cada empresa revendedora e dos postos de combustíveis

Na primeira variação do ano, o preço da gasolina nas refinarias terá uma redução de 0,1% na próxima quarta-feira (3), segundo informações divulgadas pela Petrobras. O diesel, no entanto, vai passar por uma elevação de 0,6%.

Leia também: Confira como consultar o valor do IPVA e pagar o imposto com desconto

A última variação nos preços dos combustíveis havia ocorrido no último sábado (30). Na ocasião a gasolina tinha registrado uma alta de 1,9%, enquanto o diesel apresentou um aumento de 0,4%. 

Segundo a estatal, os preços praticados visam um alinhamento com o mercado internacional. Para atingir o objetivo, a empresa adota mudanças praticamente diárias nas cotações. Ao mesmo tempo, o objetivo é evitar a queda da sua participação no mercado interno. A empresa afirma que a prática "tem como base o preço de paridade de importação, que representa a alternativa de suprimento oferecido pelos nossos principais concorrentes para o mercado".

Ainda segundo informações da estatal, o mercado interno é avaliado para decidir as alterações. “Avaliamos frequentemente se haverá manutenção, redução ou aumento nos preços praticados nas refinarias. Sendo assim, os ajustes nos preços podem ser realizados a qualquer momento, inclusive diariamente”, diz a Petrobras.

Leia também: Mercado mantém estimativa de inflação em 2,78%, mas a do PIB sobe para 1%

Apesar dos reajustes feitos pela estatal, o preço final ao consumidor, nas bombas, dependerá de cada empresa revendedora e dos próprios postos de combustíveis. O histórico das últimas variações praticadas pela Petrobras está disponível na página da estatal na internet.

Variações

A última queda de preços no valor da gasolina havia sido registrada na quarta-feira passada (27). Na data, o combustível havia ficado 0,4% mais barato. O preço do diesel, por sua vez, vem registrando elevações consecutivas. No mesmo dia, o aumento havia sido de 1,1% e, na quinta-feira (28), subiu mais 0,9%.

Leia também: Tarifa branca entra em vigor e pode deixar sua conta de luz mais barata; entenda

De acordo com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o preço médio nacional da gasolina para o consumidor em dezembro ficou no valor de R$ 4,075, variando entre R$ 3,39 a R$ 5,20. O preço médio do diesel no mesmo período foi de R$ 3,324. De acordo com o levantamento, o combustível pode ser encontrado por preços entre R$ 2,890 e R$ 4,470 nos postos.

*Com informações da Agência Brasil

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.