Tamanho do texto

A cadeia de fast food lançou em abril o Impossible Whopper, feito à base de proteína vegetal, em parceria com a startup Impossible Foods

IstoÉ Dinheiro

O Burger King anunciou a expansão da “carne fake” para cardápios de toda a rede nos Estados Unidos, a partir de 8 de agosto. A cadeia de fast food lançou em abril o Impossible Whopper, feito à base de proteína vegetal, em parceria com a startup Impossible Foods e se tornou uma das primeiras grandes redes de lanches nos EUA a apostar no segmento de carnes que não tem origem em animais. Outras gigantes do setor, como McDonald’s e KFC, também embarcaram na ideia e anunciam opções veganas em seus restaurantes.

Leia também: Justiça determina que Burger King aceite trabalhadores com barba

Burger King arrow-options
Divulgação/Burger King
Burger King é uma das primeiras grandes redes de fast food a apostar em produtos vegetarianos

O novo lanche estará disponível a US$ 5,59, um dólar a mais do que o Whooper original. O BK também anunciou uma promoção de “teste cego”, incentivando os clientes a comprarem e compararem as duas versões. A rede não confirmou se o Impossible Whopper será permanente nos cardápios. Em nota, o BK disse que ele ficará disponível enquanto durarem os estoques.

A venda no varejo dos EUA de produtos a base de vegetais cresceu 11% no ano passado, de acordo com relatório do grupo Plant Based Foods Association e do Good Food Institute. O interesse neste tipo de é impulsionado principalmente pela mudança de cultura e o aumento da preocupação dos consumidores com a saúde e questões ambientais.

Leia também: Burger King promete entregar hambúrgueres no trânsito de São Paulo; assista

Em entrevista à CNN, presidente da Burger King para as Américas Chris Finazzo afirmou que o lançamento do Impossible Whooper atraiu novos clientes para as unidades da rede. Segundo ele, o produto é uma forma da rede alcançar clientes que não consomem carne, mas que não tinham opções em outros fast foods.