Tamanho do texto

Novidade será implementada em 2020; medida eliminará 8 mil toneladas de plástico e reduzirá em 11 mil toneladas e emissão de gases do efeito estufa

IstoÉ Dinheiro

Lata da água Aquafina
Reprodução/Pepsico
Novidade começará a ser implantada em redes de fast food

A Pepsi anunciou a substituição das garrafas de plástico da água Aquafina por latas de alumínio a partir de 2020. A novidade será primeiramente implantada em redes de fast-food, lanchonetes e restaurantes antes de chegar aos super mercados. Em nota, a companhia afirmou que a medida eliminará 8 mil toneladas de plástico e reduzirá em 11 mil toneladas e emissão de gases do efeito estufa.

Leia também: Canadá vai proibir utilização de plásticos descartáveis a partir de 2021

“Lidar com o lixo plástico é uma das minhas principais prioridades e aceito esse desafio pessoalmente”, disse o presidente-executivo da PepsiCo, Ramon Laguarta. “Estamos fazendo a nossa parte para resolver o problema, reduzindo, reciclando e reinventando nossas embalagens.”

Parte dos ativistas ambientais defende a troca do plástico por embalagens de alumínio afirmando que o material é mais fácil de reciclar. Segundo pesquisas da área, mais de 91% de todos os materiais plásticos não passam pelo processo de reciclagem .

Leia também: Micróbios que "comem" plástico: os novos aliados na luta contra o lixo marinho

A principal concorrente da Coca-Cola ainda afirmou que se comprometerá em usar somente embalagens recicláveis, compostáveis ou biodegradáveis até 2025, além de produzir novas garrafas de plástico usando 25% de material reciclado.