Brasil Econômico

roberto castello branco
Fernando Frazão/Agência Brasil
"Queremos preparar a companhia para os desafios do futuro”, disse Roberto Castello Branco, presidente da Petrobras

A Petrobras anunciou, nesta terça-feira (7), um lucro líquido de R$ 4,031 bilhões no primeiro trimestre deste ano. A soma representa uma queda de 42% em comparação com o mesmo período de 2018, mas é quase o dobro dos R$ 2,102 bilhões registrados nos três meses encerrados em dezembro.

Em todo o ano passado, a Petrobras teve lucro de R$ 25,779 bilhões , o melhor desempenho desde 2011 e o primeiro resultado positivo da estatal depois de quatro anos seguidos de perdas. O balanço divulgado hoje é o primeiro desde que o presidente Roberto Castello Branco assumiu o comando da empresa, em 3 de janeiro.

“Desde os primeiros dias do ano, iniciamos uma agenda transformacional baseada em pilares estratégicos: maximização do retorno sobre o capital empregado, redução de custo de capital, busca incessante por custos mais baixos, implementação de uma cultura meritocrática e respeito às pessoas e ao meio ambiente, com foco na segurança das operações. Queremos preparar a companhia para os desafios do futuro”, disse Castello Branco .

Em nota, a Petrobras ainda informou que seu endividamento bruto diminuiu US$ 23,6 bilhões ao longo dos últimos 12 meses, chegando, ao fim de março de 2019, em US$ 78,8 bilhões. "Os benefícios já estão sendo sentidos pela companhia: a despesa com financiamento no primeiro trimestre de 2019 foi de US$ 1,6 bilhão, uma redução de US$ 294 milhões em relação ao primeiro trimestre de 2018", escreveu a estatal.

Leia também: Governo terá que explicar ao TCU como vai pagar R$ 33,6 bilhões à Petrobras

Com o resultado trimestral positivo, o Conselho de Administração da Petrobras , em reunião realizada hoje, aprovou a distribuição de remuneração antecipada aos acionistas no valor total de R$ 1,304 bilhão, equivalente a R$ 0,10 por ação ordinária e preferencial em circulação. O pagamento será realizado em 5 de julho.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários