Tamanho do texto

Empresa é a primeira na América do Sul a oferecer internet sem fio durante os voos; passageiros terão acesso gratuito à rede nos primeiros três meses

Planejamento da Avianca prevê serviço disponível nos 41 aviões da empresa até dezembro de 2017
Divulgação
Planejamento da Avianca prevê serviço disponível nos 41 aviões da empresa até dezembro de 2017

A Avianca Brasil anunciou nesta quarta-feira (21) que passará a oferecer conexão Wi-Fi em suas aeronaves durante voos nacionais. A companhia adaptará a frota com a instalação da antena e dos equipamentos necessários para habilitar a conexão. Até o momento, o serviço está disponível em apenas no avião que faz trajetos entre as cidades de Rio de Janeiro, Salvador e Recife.

LEIA MAIS: Atenção, consumidor! Passagens aéreas podem ficar mais caras a partir de outubro

De acordo com previsões da Avianca , o serviço estará disponível em suas 41 aeronaves até dezembro de 2017. Em outubro, outros quatro aviões receberão a conexão. Na primeira etapa do projeto, a companhia deve priorizar voos com trajetos mais longos. Os três primeiros meses serão utilizados para a empresa realizar pesquisas com os passageiros. A conexão será gratuita nesta fase, mas deverá ser cobrada em 2017.

Para utilizar a rede, o passageiro deverá colocar o aparelho em modo avião e selecionar a rede Avianca Wi-Fi. Em seguida, é preciso abrir o navegador do dispositivo e digitar algumas informações pessoais. A conexão será oferecida pela Global Eagle Entertainment (GEE), provedora norte-americana de internet via satélite. A empresa oferece conteúdos, como séries, filmes, jogos e programação de TV ao vivo.

LEIA MAIS: Como escolher o melhor plano de saúde e escapar de ilegalidades

De acordo com a Avianca, o projeto de internet Wi-Fi nas aeronaves foi criado há dois anos, com investimento de US$ 25 milhões. Em 19 de setembro, a companhia recebeu autorização da Agência Nacional de Aviação (Anac) para usar redes via satélite. No América do Sul, a empresa é a única a oferecer conexão de internet a bordo. O serviço, no entanto, deve ser oferecido por empresas como Gol, Latam e Azul, que possuem projetos do tipo em desenvolvimento.

Projeto de lei

O novo serviço é apresentado no momento em que o Congresso discute projetos sobre conectividade em meios de transporte. A Comissão de Desenvolvimento Urbano aprovou na segunda-feira (19) um projeto de lei que obriga companhias aéreas  a oferecerem internet sem fio em voos domésticos. O texto também prevê a oferta de Wi-Fi em ônibus, trens e metrôs.

De acordo com o texto, a oferta deverá atingir a totalidade dos veículos em um prazo de cinco anos e as empresas não poderão usar a obrigação como justificativa para aumentos na passagem. Após ser aprovado na comissão, o projeto será analisado pela Comissão de Viação e Transportes e pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania, para depois seguir para votação em Plenário.