Tamanho do texto

Documento passa a ser exigido em julho com um cronograma que já incluía empresas com mais de 10 e 8 funcionários

Empresas com mais de 5 funcionários precisarão de Certificado Digital a partir de julho
Reprodução
Empresas com mais de 5 funcionários precisarão de Certificado Digital a partir de julho

Todas as empresas com mais de cinco funcionários terão de passar a utilizar o certificado digital para o envio das informações trabalhistas, fiscais e previdenciárias por meio da GFIP e do e-Social a partir de julho. A Associação Nacional de Certificação Digital (ANCD) fez o alerta aos empresários nesta segunda-feira (27).

A mudança no Simples Nacional veio a partir da aprovação pelo Comitê Gestor do Simples Nacional da Resolução CGSN nº 125, que altera alguns pontos da Resolução CGSN nº 94/2011. Entre as reformulações no programa  está o limite de empregados para a obrigatoriedade do uso do Certificado Digital, também chamado de Identidade Digital. 

De acordo com a nova redação, o Certificado Digital passa a ser exigido no próximo mês, obedecendo a um cronograma que já incluiu as empresas com mais de dez e oito funcionários.

LEIA MAIS: Ampliação do Simples reduz arrecadação de tributos pagos por pequenas empresas

Além disso, a obrigatoriedade do certificado digital se estenderá, em 2017, aos empregadores com mais de três empregados. As informações foram publicadas no site do Simples Nacional.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas