undefined
Divulgação
Os acusados vendiam itens da empresa de artigos de luxo Louis Vuitton por meio do site Taobao

A empresa de artigos de luxo Louis Vuitton está movendo uma ação com o intuito de obter indenização de três pessoas que foram condenadas por venderem versões falsificadas de seus produtos via internet, por meio do site Taobao. A informação foi divulgada pela agência de notícias “Reuters”.

Segundo informações da agência, a Louis Vuitton pediu em um tribunal em Pequim que os três acusados parem de infringir sua marca e que paguem uma indenização no valor de 250 mil yuans (US$ 37,900/R$ 152,524).

Ainda de acordo com a “Reuters” o tribunal distrital em Pequim aceitou a ação na segunda-feira passada (4). Os réus foram condenados a penas criminais não especificadas em 2014, por venderem falsos produtos da Louis Vuitton. A “Reuters” afirmou também que tentou contato com os réus, mas não obteve sucesso.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários