Tamanho do texto

Eurofarma comunicou a agência e recolheu voluntariamente as embalagens de Letrozol 2,5 mg com problemas de selagem

A Anvisa suspendeu a distribuição, comercialização e uso do lote 397733 do medicamento Letrozol  2,5 mg 30 comprimidos. O produto válido até junho de 2017, fabricado pela empresa Eurofarma Laboratórios S.A., é utilizado no tratamento de câncer de mama avançado em mulheres na pós-menopausa que tenham sido tratadas previamente com antiestrogênicos. 

Medicamento foi recolhido de maneira voluntária após reconhecimento de problemas de selagem
Reprodução de Internet
Medicamento foi recolhido de maneira voluntária após reconhecimento de problemas de selagem

A determinação da agência ocorreu após o fabricante comunicar o recolhimento voluntário do lote citado, que apresentou falha na selagem do alumínio do blister, material que reveste o medicamento.

"Embora o lote tenha atendido todas as especificações no momento de liberação, ao tomar conhecimento do desvio e, pensando na segurança e na saúde dos pacientes, a empresa optou, de forma preventiva e voluntária, pelo recolhimento de todo o lote desde 1/10/15, entrando em contato com 100% dos clientes, e antecipando-se à publicação no Diário Oficial da União, em 9/11/15", explicou a empresa, por meio de nota.

Procurada pela reportagem do iG , a Eurofarma esclareceu ainda que, após o recolhimento, novos lotes do medicamento já foram produzidos e disponibilizados ao mercado já no último mês de setembro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.