Tamanho do texto

Modelo de negócios já é sucesso nos Estados Unidos, Europa e Ásia

Luca Cafici, co-fundador e COO da InstaCarro, em entrevista ao programa Pra Frente Sempre, da TV IG
Reprodução/TV iG
Luca Cafici, co-fundador e COO da InstaCarro, em entrevista ao programa Pra Frente Sempre, da TV IG

Vender um carro usado nem sempre é uma tarefa fácil e rápida. Os proprietários sempre enfrentam alguns processos burocráticos e precisam estar atentos na hora de escolher a melhor oferta. Pensado em facilitar a venda em pouco tempo e de forma simples, a startup InstaCarro promete viabilizar negócios rápidos, seguros, transparentes e com os melhores preços de lojas e concessionárias para quem quer vender o carro.

Veja:  Empreendedora de primeira viagem, Mari Belém fala de sucesso com blog para mães

O modelo de negócios, que já havia ganhado espaço nos Estados Unidos, Europa e Ásia, fez sucesso quando chegou ao Brasil e atraiu muitos investidores. De olho nesse mercado promissor, a startup, criada em 2015, chamou a atenção de investidores e recebeu um dos maiores aportes de capital para uma empresa de internet no país, US$ 3,5 milhões.

“A InstaCarro é uma empresa que se dedica a comprar carros de pessoa física de uma forma ágil. Para isso, temos um procedimento de avaliação bem detalhado. O cliente que quer vender o seu carro entra no nosso site, agenda uma avaliação na loja, que dura 30 minutos, e, após esse procedimento, colocamos o veículo em uma plataforma de leilão online desenvolvida por nós. O processo leva cerca de uma hora e as lojas de todo o Brasil disputam o carro anunciado”, explicou Luca Cafici, co-fundador e COO da InstaCarro, em entrevista ao programa Pra Frente Sempre, da TV IG .

Quem opta pelo serviço da startup tem à disposição uma série de vantagens: para o vendedor a possibilidade de encontrar o melhor preço para o seu carro rapidamente, e para as lojas e concessionárias ter um estoque virtual, pois assim compram o carro no momento que precisam, evitando a má locação de capital.

Leia mais:  Determinação: Alexandre Iódice comenta este conceito de negócio

 “Diante do atual cenário econômico, o mercado de usados está aquecido porque o brasileiro está mais consciente sobre seus gastos. As pessoas estão mais interessadas na compra de usados, que depreciam menos que os novos e oferecem boa relação custo-benefício” diz o co-fundador.

O mercado está tão promissor que a InstaCarro quer ampliar ainda mais os negócios neste ano. A empresa já conta com um percentual de crescimento de 50% ao mês e, até o fim do ano, deve inaugurar 12 pontos de inspeção na cidade de São Paulo e na região metropolitana.

Para colocar o seu carro a venda acesse  www.instacarro.com

Os sócios Luca Cafici (esq.) e Diego Fischer(dir.), fundadores da startup InstaCarro
Divulgação
Os sócios Luca Cafici (esq.) e Diego Fischer(dir.), fundadores da startup InstaCarro

*Por Rafael Henrique

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.