O processo de escolha da profissão durante a fase de preparação para o vestibular é um dos mais difíceis de enfrentar! É um momento de dúvida, angústia, pressão... Afinal, são mais de 2.685 profissões registradas na Classificação Brasileira de Ocupações (CBO) e muitas mudanças acontecendo a todo momento no mercado de trabalho. Todo esse processo se torna ainda mais difícil sem um direcionamento ou orientação.

Depois de verificar todos os tópicos abordados aqui vai ser possível pensar com muito mais clareza e encontrar a profissão certa. Vamos lá? 

A importância do autoconhecimento

Para qualquer tomada de decisão, o processo de autorreflexão e autoconhecimento é fundamental! Saber reconhecer as características da própria personalidade, as aptidões, as habilidades e os desejos permite fazer escolhas muito mais assertivas, não somente na área profissional. 

O que você gosta de fazer?

Preste atenção nas coisas que você gosta de fazer! Ler, escrever, fazer cálculos, falar em público, praticar atividade física... Sua profissão precisa estar relacionada a isso! Somente dessa forma o seu trabalho no futuro será algo que te dará prazer e vontade de aprender e crescer cada vez mais.

Pesquise e se informe

Depois de identificar em quais áreas você tem mais habilidades e aptidões de acordo com o que você gosta de fazer e com as suas disciplinas favoritas no colégio, é hora de pesquisar as profissões e todas as informações possíveis sobre elas.

Dica: comece a pesquisa pelas grandes áreas: Exatas, Humanas, Biológicas e Tecnológicas, de acordo com os seus gostos e habilidades.

Encontrou alguma (ou algumas) profissões que te interessam? Pesquise mais!

Média de salário, em quais regiões o mercado de trabalho é mais ativo para essa profissão, como seria a rotina de trabalho... Use e abuse das ferramentas de busca na Internet.

Converse o máximo possível com os profissionais das áreas que te interessam

Você viu?

Pode ser uma tia, um primo, aquela amiga que já está no mercado de trabalho, algum conhecido... Você pode até enviar um e-mail para algumas empresas perguntando o que o profissional de determinada área faz lá no dia a dia e, quem sabe, agendar uma visita para conhecer a fundo todos os detalhes da profissão.

Importante: converse com profissionais que tenham sucesso na carreira!

Na próxima semana tratei mais dicas sobre este momento tão importante.

Bacharelado, Licenciatura ou Tecnólogo?

Essa também é uma dúvida recorrente dos futuros profissionais... Você sabe qual é a diferença?

Bacharelado

Mais abrangente, com boa base científica e teórica. Essa é a formação exigida para que se possa exercer as profissões universitárias regulamentadas por lei. Duração média: 4 a 5 anos. Documento de conclusão: Diploma de Bacharel

Para continuar estudando: Pós-graduação (Mestrado, Doutorado ou Especialização)

Licenciatura

Específico para a formação de professores do Ensino Fundamental e Médio. Duração média: 3 a 4 anos. Documento de conclusão: Diploma de Licenciatura. Para continuar estudando: Mestrado ou Doutorado

Tecnólogo

Voltado para a formação de profissionais de diversos setores da economia, com ênfase nos aspectos técnicos e administrativos dos negócios. Duração média: 2 a 4 anos. Documento de conclusão: Diploma de Tecnólogo. Para continuar estudando: Bacharelado ou Pós-graduação

Na outra semana falamos sobre algumas dicas importantes na hora de escolher a faculdade dos seus sonhos. Neste artigo traremos outras dicas importantes.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários