Tamanho do texto

Descubra quais investimentos deram muito errado no passado, e quais lições tirar deles!

O mundo dos investimentos é um mundo maravilhoso, do qual pode ser acessado por todos. Ao guardarmos dinheiro e utilizarmos em investimentos, temos a esperança de, com o tempo, chegarmos mais próximos dos nossos objetivos - seja a aposentadoria, seja o fundo de emergência, seja uma viagem, etc.

Prosperidade: três barreiras que te impedem de enriquecer!

Dinheiro, reais, mãos
shutterstock
Dinheiro, reais, mãos


Acontece que, apesar dos investimentos representarem uma das partes boas da vida, nem todo investimento gerou bons frutos aos investidores. Na realidade, teve alguns que foram responsáveis por grandes alvoroços no mercado financeiro, especialmente na bolsa de valores.

Pensando nisso, separei 3 investimentos que deram completamente errado! São eles:

1 - Caso OGX

Ah, a OGX… Uma empresa promissora do Eike Batista, que tinha a ambição de ser a maior empresa petrolífera do Brasil, e que durante um tempo se tornou o sonho de consumo de diversos investidores da bolsa de valores brasileiras. Em 2008, era a ação que você DEVERIA ter em sua carteira, pois ela tinha tudo para ter um dos maiores crescimentos já vistos em solo brasileiro.

Não muito tempo depois, o grande sonho do investidor que tinha a OGX na carteira se tornou, na realidade, um pesadelo sufocante.

E olha que ela começou bem: na sua Oferta Inicial de Ações - também chamada de IPO - a empresa levantou cerca de R$6,71 bilhões de reais, sendo mais da metade advinda de investidores estrangeiros.

O curioso disso é que, apesar desse IPO ter sido um dos maiores IPOs da bolsa, tudo feito sem a empresa ter conseguido extrair uma gota de petróleo. Ela mal havia começado as suas operações e já estava à todo vapor na bolsa de valores.

E essa pressa em ter ações da empresa antes mesmo dela começar a produzir teve um preço. E o preço foi pago, justamente, quando ela começou suas operações.

Leia também: Prosperidade: três barreiras que te impedem de enriquecer!

Em 2012 - ano em que a OGX começou propriamente suas atividades de extração -, era esperado que a empresa conseguisse um fluxo de pelo menos 20 mil barris de petróleo por dia. Mas, no relatório, veio o grande baque: em alguns pontos, nem mesmo a metade chegava a ser produzida.

A ação, logo no pregão do dia seguinte, caiu 25%, mostrando o que estava por vir.

Os números com o tempo não melhoraram, novos problemas foram surgindo, e, 2 anos depois de começar, a OGX já estava encerrando todas as suas atividades, liquidando um dos grandes fracassos não só do Eike, mas também da bolsa de valores como um todo, já que muitos investidores apostaram a vida nessa empresa, e, no final, a mesma não passou de apenas um investimento ruim.

2 - Tesouro Prefixado em 2013

Ao falarmos do Tesouro Direto, muitas vezes vem na nossa mente que o tesouro direto é uma das plataformas mais seguras para se investir no Brasil.

Longe disso ser mentira, mas o que muitas pessoas não sabem é que existem possibilidades reais de de se perder dinheiro ao investir no Tesouro Direto. E uma delas envolve os investimentos que possuem taxas pré-fixadas.

Isso porque nesses investimentos existem os chamados ágios e deságios, que podem acontecer ao se resgatar um título do tesouro antes do vencimento, já que, nestes casos, o título é revendido ao tesouro com base no preço de mercado atual do título.

É importante entender, nesse caso, que o preço de mercado do título é inversamente proporcional à sua taxa de juros. Em outras palavras, se a taxa de juros cai, o preço do título no mercado aumenta, e vice-versa.

Continuando, em 2013 aconteceu um caso inusitado. Os juros estavam em duras quedas no Tesouro Direto, levando os juros dos prefixados para patamares muito baixos.

Como essa queda acontecia de forma contínua, muitos compraram novos títulos prefixados com a ideia de mais tarde ver os juros caírem ainda mais e terem a oportunidade de vender os seus títulos do Tesouro Prefixado valorizados no mercado, revendendo-os por um preço maior do que o preço pelo qual adquiriram o investimento. Essa estratégia daria um lucro maior do que o esperado com o título chegando ao vencimento.

Porém, para a tristeza destes investidores, o que aconteceu foi justamente o contrário: os juros subiram. Como os juros subiram, diferentemente do que os investidores esperavam, o efeito nos investimentos prefixados foi terrível: os investimentos se desvalorizaram no mercado, inviabilizando qualquer venda naquele momento sem, por consequência, adquirir um prejuízo.

E como mais tarde a inflação também subiu para as alturas, ficou simplesmente impossível manter o investimento e ainda ganhar alguma coisa ele. Muitos perderam valores que chegaram à casa dos 70% do valor investido, ensinando que, até nos investimentos “seguros”, é necessário ter cuidado.

3 - IPOs e a Crise de 2008

Os IPOs, indo além do caso da OLX, também representaram um grande momento de quebra para muitos investidores na Bolsa de Valores.

Isso porque, antes de 2007, uma estratégia virou febre na bolsa de valores: uma grande quantidade de investidores reservavam o valor para adquirir ações no IPO e em seguida vendiam estas mesmas ações na bolsa, ainda no mesmo dia.

Como as ações dos IPOs, continuamente, registravam altas interessantes nos dias em que eram realizados, muitos traders viam os IPOs como uma excelente oportunidade para adquirir lucros interessantes.

E como havia muita confiança nessa estratégia, muitos destes investidores não só reservavam valores para investir, como também investiam valores dos quais não possuíam, num processo chamado de alavancagem.

Finanças pessoais: 3 erros horríveis que você não pode cometer com seu dinheiro

Porém, após 2007 a festa começou a acabar: com a chegada da crise financeira de 2008, conhecida também como a crise do subprime, os IPOs começaram a dar errado.

E com os IPOs dando errado, obviamente, a estratégia utilizada pelos traders também começou a dar errado, e aqueles investidores que estavam fazendo alavancagem não só perderam todo o dinheiro investido, como adquiriram dívidas enormes por estarem apostando um dinheiro que ia além do patrimônio real deles.

Para estes, o final não foi nada feliz.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas