shopping cidade são paulo
Rovena Rosa/Agência Brasil
Em cenário de incertezas, saiba como se preparar e agir estrategicamente para combater a crise

Não podemos ficar esperando este momento passar simplesmente. Precisamos nos preparar e gerenciar os impactos da pandemia. Precisamos assumir posições firmes diante do cenário econômico e do atual ambiente de negócios. As organizações têm como responsabilidades básicas a boa condução dos negócios e o cuidado com seus funcionários. Mesmo em um cenário de retomada gradual dos negócios, as empresas podem estar expostas a uma série de riscos estratégicos e operacionais, como atrasos ou interrupção de fornecimentos de matérias-primas, mudanças nas demandas dos clientes, aumento de custos, ineficiências logísticas que levam a atrasos em entregas, questões de saúde e segurança dos funcionários.

Estas situações afetam todos os tamanhos de empresas, em especial os pequenos negócios que precisam buscar novas formas de se reinventar para não ter grandes prejuízos com a crise . Precisam identificar formas para continuarem no mercado enquanto isso tudo não passar.

Desta forma, recomendamos que as empresas coloquem em prática uma lista de ações para lidar com as incertezas futuras, de tal forma que possam estar preparadas para gerir os movimentos do mercado e em seus segmentos de atuação nos próximos meses.

Sete Ações importantes para lidar com este período de incertezas

 1) Forme um Comitê para tomada de decisões

Definir objetivos a serem alcançados e criar um plano de emergência , além de garantir que as decisões possam ser tomadas o mais rápido possível em diferentes situações.

2) Avalie os riscos e defina responsabilidades

Faça uma lista de todos os riscos que podem envolver sua empresa, incluindo questões com funcionários, terceiros, governo, espaço físico de trabalho, plano de produção, prestação de serviços, compras, fornecimento e outros diversos assuntos. Escolha seu melhor profissional para cuidar de cada uma das ações.

3) Crie um canal de comunicação efetiva com todas partes envolvidas

Gerenciar de forma clara e objetiva o atendimento aos clientes, relações com fornecedores e colaboradores . O Sistema de informações da empresa deve coletar, transmitir e analisar informações da pandemia e emitir imediatamente avisos de riscos.

4) Manter o bem estar físico e mental dos funcionários

Estabelecer mecanismos de férias e trabalhos flexíveis (aderindo inclusive às diretrizes legais estabelecidas pelo governo), com suporte de tecnologias, com parâmetros de trabalho não presencial e à distância. Estabeleça ainda um sistema de monitoramento de saúde dos funcionários , bem como garanta a segurança de ambientes de trabalho de acordo com as exigências dos órgãos de saúde.

5) Adote a prática de responsabilidade social e de desenvolvimento sustentável às tomadas de decisão

Implante responsabilidade corporativa social nos setores ambiental, social, econômico e de estabilidade de funcionários, assim como coordene relações com a comunidade e fornecedores.

6) Considerar ajustes em seus Planos Orçamentários e Planos de Implantação de novos Projetos

Todas as variáveis que envolvem seus Planos orçamentários devem ser revistas: metas a serem alcançadas, fornecedores e clientes atuais (principalmente se dependerem de importações e exportações – nestes casos incluir planos de hedge utilizando contratos futuros), custos com alugueres, folha de pagamento, margens de contribuição por produto e margens esperadas de lucro. Reavalie e estabeleça novas metas para este novo cenário.

7) Negociar despesas em geral buscando sempre preservar o caixa

Para não ficar sem recursos rapidamente, antecipe contatos com fornecedores para negociar preços e condições de pagamentos dos insumos. Como o problema é Global, muitas empresas que estão dispostas a negociar para não sair no prejuízo, procure negociar dívidas bancárias e busque alongar (o perfil) o prazo de vencimento de suas dívidas.

Adotando Ações e Criando um novo modelo de atuação no mercado

 As empresas devem encarar este momento como um “duro” aprendizado e como uma oportunidade para reinventarem-se, buscando economias antes não pensadas, mudando o perfil de negociação com clientes e fornecedores, criando uma nova forma de relacionamento com seus colaboradores.

Enfim, seja um líder, delegue, participe, divida, una-se , crie e busque condições de desenvolvimento dos atuais e novos negócios, afinal, como sempre dizem: "nos momentos de dificuldades surgem as grandes oportunidades".

    Veja Também

      Mostrar mais