Contato Radar

undefined
Lucas Marques
Boeing j reiniciou entregas do 737 MAX para trs clientes

Assim que recebeu a recertificação, o Boeing 737 MAX já retornou aos seus voos rapidamente. Foi o caso dos Estados Unidos, primeiro país a autorizar seu retorno, seguido pelo Brasil e México. Entretanto, a GOL liderou a corrida e foi a primeira no mundo a voar com passageiros e reativar toda sua frota no retorno.

Mesmo sem contar com voos comerciais ainda, os Estados Unidos passou a ser o único país que recebeu exemplares do MAX já produzidos neste retorno das operações. Em menos de um mês, American Airlines, Southwest e United já receberam 13 unidades no total.

Entre os pedidos entregues, United recebeu cinco MAX 9, seguida pela American e Southwest com quatro exemplares do MAX 8 cada. No total, a Boeing contava com cerca de 450 jatos produzidos e estocados nos aeroportos americanos.

A expectativa é que para o ano de 2021, sejam entregues pelo menos 225 unidades do MAX para diversos operadores. Porém, com a crise provocada pela pandemia, ainda pode sofrer alterações além de depender da liberação em alguns países, como a China, que já declarou não saber quando autorizará o retorno do MAX aos céus.

A brasileira GOL estima receber no próximo ano, cerca de dez unidades do MAX 8. E a partir de 2022, uma unidade por mês. Ao todo, são cerca de 20 aeronaves já produzidas e estocadas nos EUA, levando portanto, cerca de dois anos para recebê-los.

O post Boeing já reiniciou entregas do 737 MAX para três clientes apareceu primeiro em Contato Radar - Notícias de aviação .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários