Tamanho do texto

Previsão de lucro nos dias 22 e 23 de novembro foi feita pela Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm)

O comércio eletrônico foi um dos poucos setores que não sofreu muito com a crise econômica que o Brasil enfrenta, ao invés disso, teve crescimento estimado no ano de 2018 em 12%. Uma data que deve influenciar bastante o resultado do varejo é a Black Friday, a conhecida sexta-feira de promoções.

Leia também: Compre seu notebook novo na Black Friday 2018 e economize

A Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) está otimista com a data este ano. Segundo o órgão, a estimativa é de que o brasileiro gaste algo em torno de R$ 2,87 bilhões apenas em compras online nos dias 22 e 23 de novembro, quando acontece a Black Friday.

A expectativa do comércio eletrônico é lucrar 16% a mais que na Black Friday de 2017
shutterstock
A expectativa do comércio eletrônico é lucrar 16% a mais que na Black Friday de 2017

Caso essa meta seja atingida, o montante em questão representaria um aumento de 16% nos ganhos em uma comparação direta com o mesmo período em 2017.

Dessa forma, são esperados mais de 8,8 milhões de pedidos nas lojas virtuais brasileiras, com estimativa de um tíquete médio de R$ 326. A expectativa é de que o comércio veja um aumento de buscas em categorias como informática, celulares, eletrônicos, moda e acessórios e casa e decoração.

Essas categorias costumam estar muito bem representadas nas promoções da Black Friday . Em 2017, por exemplo, consumidores puderam comprar notebooks com 30% de desconto e Iphones por 17% menos que o valor original .

Segunda data mais importante para o comércio eletrônico

Para Mauricio Salvador, presidente da ABComm, a cada ano a Black Friday ganha mais importância para o comércio. Atualmente ela é a segunda maior data para o varejo, perdendo apenas para o Natal.

“A estimativa da ABComm é de que cerca de 33% das compras na Black Friday sejam pessoas antecipando as compras de presentes de Natal. Com esse cenário, muitas lojas virtuais já preparem seus estoques esperando um ritmo mais agressivo de vendas”, explicou Salvador.

Vale lembrar que, além de preços mais em conta, a Black Friday também permite usar cupons de desconto em alguns casos para deixar a sua compra ainda mais barata. Sendo assim, fique de olho no  iG Cupons para não perder nenhuma oportunidade de negócio no comércio eletrônico capaz de satisfazer tanto os seus gostos quanto a sua conta bancária. Não perca a oportunidade.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.