Tecnoblog

Loterias Online cobram aposta mínima
Agência Brasil
Loterias Online cobram aposta mínima

O Ministério Público Federal ( MPF ) ajuizou uma ação civil pública contra a Caixa na semana passada. Em nota, o órgão explica que abriu o processo devido à cobrança de valor mínimo ao fazer apostas através do site Loterias Online . Com a ação, o MPF solicita que o banco "se abstenha imediatamente" de realizar a exigência na pandemia.

Você viu?

MPF processa Caixa por valor mínimo em Loterias Online

O processo atinge diretamente a cobrança em jogos feitos pelo Loterias Online. Atualmente, para fazer apostas pela internet , é preciso acumular um valor a partir de R$ 30 para realizar o pagamento. A prática, no entanto, é diferente do que ocorre nas casas lotéricas, onde é possível comprar somente frações de um bilhete, por exemplo.

Segundo o MPF, a exigência faz com que o consumidor tenha de adquirir mais de um bilhete ou várias frações para alcançar os R$ 30. Devido a esta restrição de valor, o MPF abriu a ação civil pública nesta quinta-feira (11) para impedir a cobrança e pede uma multa diária de R$ 5 mil à Caixa em caso de descumprimento.

Para a procuradora da República em Goiás Mariane Guimarães de Mello Oliveira, a exigência de um valor mínimo fere o princípio da isonomia. Além disso, a procuradora também observa que a exigência em apostas virtuais também "pode aumentar consideravelmente as aglomerações em casas lotéricas".

"A Caixa trata de maneira divergente e sem justificativa plausível os consumidores de um mesmo produto ou serviço, fornecidos por ela mesma, dificultando injustamente o acesso aos consumidores mais carentes à opção virtual", afirmou a procuradora.

Em resposta ao Ministério Público Federal , o banco explicou que as apostas através do site Loterias Online possuem um custo operacional maior, o que justifica a prática. O órgão também solicita a apresentação "em Juízo todos os dados referentes ao custo operacional dos serviços de loteria virtual" oferecidos pela Caixa.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários