Preço dos alimentos registraram queda de 9% em julho
Reprodução
Preço dos alimentos registraram queda de 9% em julho

O índice de preços de alimentos da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) registrou queda nos preços das commodities alimentares em julho se comparado ao mês anterior. Segundo o levantamento, em junho a média dos preços era de 154,3 pontos, enquanto no mês passado era de 140,9 pontos.

Os dados, no entanto, ainda são superiores se comparado ao mesmo período do ano passado. Segundo a FAO, o índice é 13,1% superior ao registrado em julho de 2021.

O economista-chefe da FAO, Máximo Torero, não explicou os motivos para a queda, mas disse ser bem-vinda.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

"O declínio nos preços das commodities alimentares frente a níveis muito altos é bem-vindo, no entanto, muitas incertezas permanecem", afirmou.

Óleos vegetais, carnes, laticínios, cereais e açúcar se destacaram no levantamento. O trigo, por exemplo, caiu 14,5%, enquanto o milho apresentou redução de 10,7%.

Embora os valores tenham uma queda significativa, especialistas alertam que as incertezas no cenário econômico internacional pode voltar a encarecer os alimentos nos próximos meses.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários