Eduardo Bolsonaro
Cleia Viana/Câmara dos Deputados
Eduardo Bolsonaro

O filho do presidente Jair Bolsonaro, deputado federal Eduardo Bolsonaro, fez um comentário num post feito no início da noite desta quarta-feira (29) pelo ex-presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães . O executivo publicou no Instagram trechos de sua carta de demissão, antecipada pela colunista do GLOBO Bela Megale, nos quais faz referências à sua família e nega as denúncias de assédio sexual que o derrubaram.

Um dos primeiros comentários da publicação é do deputado federal Eduardo Bolsonaro. Ele escreveu: "Que a verdade seja estabelecida". Guimarães respondeu escrevendo: "Abraço".

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG 

A manifestação solidária de Eduardo foi feita pouco depois de o presidente Jair Bolsonaro provocar mal-estar em seu núcleo político por manter silêncio em relação às graves denúncias e relutar em demitir o auxiliar. Deixou o desgaste se prolongar por 20 horas até que Guimarães pudesse pedir demissão com a carta em que nega as acusações.

Em segundo lugar nas pesquisas a três meses das eleições, Bolsonaro enfrenta maior resistência entre o eleitorado feminino. Bolsonaro não tocou no assunto, mas escolheu para o lugar de Guimarães uma mulher: Daniella Marques, uma das principais auxiliares do ministro Paulo Guedes, vai assumir a Caixa, como adiantou o colunista do GLOBO Lauro Jardim.

Em carta entregue ao presidente e dirigida aos brasileiros e aos colaboradores do banco, Guimarães afirma que não teve tempo para se defender é que é alvo de uma “situação cruel, injusta, desigual e que será corrigida na hora certa com a força da verdade”. No Diário Oficial, a exoneração consta como "a pedido".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários