Imposto de Renda 2022: 5,5 milhões ainda não entregaram a declaração
Redação 1Bilhão Educação Financeira
Imposto de Renda 2022: 5,5 milhões ainda não entregaram a declaração

A Receita Federal divulgou que até as 11h desta sexta-feira (27), foram entregues 28.512.666 declarações do Imposto de Renda da Pessoa Física de 2022. A expectativa da Receita Federal é de que 34.100.000 declarações sejam enviadas até o dia 31 de maio, quando se encerra o prazo e começam as restituições.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

Quem estiver obrigado a entregar a declaração e não fizer até o fim desta data pagará multa de 1% ao mês, sobre o valor do imposto de renda devido, limitado a 20% do valor do imposto de renda. O valor mínimo da multa é de R$ 165,74.

A taxa é gerada no momento da entrega da declaração, e a notificação de lançamento fica junto com o recibo de entrega. Ela deve ser paga em no máximo 30 dias e, após este prazo, começam a correr juros de mora (taxa Selic).

O DARF da multa pode ser emitido pelo programa do imposto de renda ou pelo e-CAC, na opção Meu Imposto de Renda.

Para as declarações com direito à restituição, se a multa não for paga dentro do vencimento, ela será deduzida (descontada), com os respectivos acréscimos legais (juros), do valor do imposto a ser restituído.

Como declarar

A declaração pode ser feita:

  1. pelo computador, por meio do Programa Gerador da Declaração, disponível no site da Receita Federal. ( https://www.gov.br/receitafederal/pt-br/centrais-de-conteudo/download/pgd/dirpf );
  2. pelo computador, pelo serviço "Meu Imposto de Renda (Extrato da DIRPF)" do Centro Virtual de Atendimento (e-CAC) da RFB, disponível no site da Receita Federal ( https://www.gov.br/receitafederal/pt-br/canais_atendimento/atendimento-virtual ); e
  3. pelos dispositivos móveis, tais como tablets e smartphones, mediante acesso ao aplicativo "Meu Imposto de Renda", o qual encontra-se disponível nas lojas de aplicativos Google Play, para o sistema operacional Android, e App Store, para o sistema operacional iOS.

Restituições

Os contribuintes que enviarem a declaração no início do prazo, sem erros, omissões ou inconsistências, receberão mais cedo as restituições, se tiverem direito a ela.

As restituições começarão a ser pagas agora em maio. Veja o cronograma abaixo:

  • 1º lote: 31 de maio;
  • 2º lote: 30 de junho;
  • 3º lote: 30 de julho;
  • 4º lote: 31 de agosto;
  • 5º lote: 30 de setembro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários