McDonald’s irá encerrar suas operações e vender 850 restaurantes na Rússia
Divulgação/McDonald’s
McDonald’s irá encerrar suas operações e vender 850 restaurantes na Rússia

O McDonald's anunciou nesta segunda-feira (16) que irá vender suas operações na Rússia em resposta à Guerra na Ucrânia. A medida confirma a saída do restaurante fast-food americano após 32 anos de operação no país.

Ao todo, 850 restaurantes devem ser vendidos nas próximas semanas e cerca de 62 mil funcionários desligados. A empresa ressaltou que procura compradores para manter a contratação dos empregados até a finalização do negócio.

A rede fast-food suspendeu a operação na Rússia no começo de março, após outras grandes empresas aplicarem sanções contra o governo Putin. Até então, o McDonald's informou que manteve o pagamento dos funcionários em dia.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

Em nota, a empresa anunciou que o fechamento se deve à situação humanitária da Ucrânia. A rede ressaltou não compactuar com as ações do exército russo e acredita não ser mais "sustentável" a sua operação no país.

O McDonald's ainda afirmou que manterá o funcionamento de seus restaurantes na Ucrânia suspensos até o fim dos ataques. A empresa, no entanto, não informou se estuda a saída do país comandado por Volodymyr Zelensky

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários