Mais de 31,6 milhões de beneficiários serão contemplados em todo o país
Martha Imenes
Mais de 31,6 milhões de beneficiários serão contemplados em todo o país

Os aposentados, pensionistas e beneficiários de auxílios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) podem consultar quanto irão receber na primeira parcela do 13º salário, que começará a ser paga daqui a uma semana, na segunda-feira, dia 25. O calendário da primeira etapa irá até o dia 6 de maio.

Os beneficiários podem fazer a consulta através do aplicativo ou site INSS. É preciso ter login e senha para conferir o extrato. No aplicativo, é preciso ter celular disponível para Android ou iOS. Tanto a primeira parcela quanto a segunda parcela cairá na conta dos segurados junto com a remuneração paga mensalmente. O instituto informou que "o extrato de pagamento do 13º e do benefício já está disponível para todos os segurados pois a folha já foi gerada e os valores, disponibilizados". Porém, ainda não é possível ver o valor provisionado na conta bancária.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia 

Mais de 31,6 milhões de beneficiários serão contemplados em todo o país. O cronograma se iniciará com os beneficiários com o final do Número de Identificação Social (NIS) 1 e seguirá até o último dia com final do NIS 0 para quem ganha até um salário mínimo. Já quem ganha acima de um salário mínimo, o pagamento será entre os dias 2 e 6 de maio.

Já a segunda parcela será liberada entre os dias 25 de maio e 7 de junho, com início novamente para quem ganha um salário mínimo. No caso de quem ganha acima do piso nacional, o dinheiro estará nas contas entre o dia 1º e 7 de junho.

Leia Também

De acordo com o Ministério do Trabalho e Previdência, a antecipação do 13º salário tem o objetivo de amenizar os reflexos econômicos causados pela pandemia da Covid-19 durante o ano passado, que ainda repercutem neste ano. Ao todo, a medida injetará na economia cerca de R$ 56,7 bilhões. Segundo o governo, a antecipação não tem impacto orçamentário, já que haverá somente a antecipação do pagamento do benefício, sem acréscimo na despesa prevista para o ano.

Tradicionalmente, o pagamento do 13º para os aposentados e pensionistas do INSS é liberado nos meses de agosto e novembro. Esta é a terceira vez consecutiva que o governo federal faz a antecipação nesses moldes. Em 2020, a antecipação ocorreu nos meses de abril e maio e, em 2021, nos meses de maio e junho.

Aposentados e pensionistas, em maioria, receberão 50% do valor do benefício, nesta primeira parcela. A exceção é para quem passou a receber o benefício depois de janeiro. Nesse caso, o valor será calculado proporcionalmente. Os segurados que recebem benefício por incapacidade temporária (antigo auxílio-doença) também têm direito a uma parcela menor, calculada de acordo com o tempo de duração do benefício. Por lei, não têm direito ao 13º salário os segurados que recebem benefícios assistenciais.

Extrato pelo aplicativo

  • - Abrir o app Meu INSS e clicar em "Entrar com gov.br"
  • - Informar o CPF e ir em "Continuar" e, em seguida, digitar senha e apertar "Entrar"
  • - Ir em "Extrato de pagamento" e clicar na seta ao lado do pagamento de abril, que o extrato será aberto. É possível gerar o PDF ao clicar no final da página em "Baixar PDF".

Extrato pelo site

  • - Acessar www.meu.inss.gov.br e, na página, ir em "Entrar com gov.br"
  • - Em seguida, informar o CPF e clicar em "Continuar"
  • - Na página seguinte, digitar a senha e ir em "Entrar"
  • - Ao entrar, clicar em "Extrato de Pagamento". Irão aparecer dois valores: pago na competência de março, que estará como "Pago", e os que serão pagos em abril. Depois, clicar na seta ao lado do pagamento de abril, que o extrato será aberto. Também é possível gerar o PDF ao clicar no final da página em "Baixar PDF".


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários