A medida tenta garantir o fornecimento de gás ao país europeu
undefined
A medida tenta garantir o fornecimento de gás ao país europeu

O governo alemão assumiu temporariamente o controle de uma subsidiária da estatal russa Gazprom na Alemanha, em uma tentativa de garantir o fornecimento de gás, em meio às tensões entre a União Europeia e a Rússia por causa da guerra na Ucrânia.

O anúncio foi feito nesta segunda-feira (4) pelo ministro da Economia, Robert Habeck, que revelou que a Agência Federal de Redes assumirá esse controle da Gazprom Germania GmbH até 30 de setembro.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia 

"A tutela serve para proteger a segurança pública e manter a segurança do abastecimento, que atualmente está assegurada. O passo é absolutamente necessário", explicou.

De acordo com o ministro alemão, "isso também significa que não vamos expor a infraestrutura energética da Alemanha às decisões arbitrárias do Kremlin".

No comunicado, Habeck afirmou ainda que foi forçado a agir devido à "relação legal pouco clara da empresa e violações de suas obrigações de comunicação sob o Regulamento de Comércio Exterior da Alemanha".

A medida foi adotada após a Gazprom anunciar na sexta-feira passada que estava deixando seu negócio na Alemanha e depois de ter sido adquirida por duas outras empresas - a JSC Palmary e a Gazprom Export Business Services LLC.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários