Governo pretende enviar explicações ao TCU na próxima semana
Felipe Moreno
Governo pretende enviar explicações ao TCU na próxima semana

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, afirmou nesta sexta-feira, que o governo vai entregar os esclarecimentos pedidos pelo Tribunal de Contas da União (TCU) sobre o processo de privatização da Eletrobras na próxima terça-feira. O TCU precisa analisar o segundo e último processo que trata da privatização para o governo seguir com a medida.

— Vamos ao TCU em uma reunião com todos os ministros do TCU onde nós vamos apresentar todo esse processo e também o encaminhamento das recomendações e esclarecimentos que foram feitos ao governo — disse o ministro.

A privatização da empresa foi aprovada pelo tribunal em fevereiro, mas os ministros do TCU ainda vão analisar um segundo processo sobre a reorganização societária e a precificação das ações da empresa.

Albuquerque fez a declaração após sair de reunião com o ministro da Economia, Paulo Guedes, o Advogado-Geral da União, Bruno Bianco, o presidente do BNDES, Gustavo Montezano e o presidente da Eletrobras, Rodrigo Limp, no prédio do Ministério de Minas e Energia.

Leia Também

Quer ficar bem informado sobre tudo que acontece na economia do Brasil e do Mundo? Acompanhe o  canal do Brasil Econômico no Telegram

O governo calcula R$ 67 bilhões em valores da privatização, sendo que R$ 25,3 bilhões serão pagos pela Eletrobras privada para o Tesouro Nacional pelas outorgas das usinas hidrelétricas que terão seus contratos alterados.

Outros R$ 32 bilhões iriam para a Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) para aliviar as contas de luz, R$ 2,9 bilhões seriam destinados para a compra de combustíveis para geração de energia no Norte do país e o restante para bacias hidrográficas do Rio São Francisco, de rios de Minas Gerais e Goiás e para geração de energia na Amazônia.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários