INSS
Reprodução: ACidade ON
INSS

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) começa a depositar os benefícios de fevereiro aos segurados a partir desta segunda-feira (21). O pagamento dos valores segue a ordem do número final do benefício, antes do dígito de verificação. Neste mês, o calendário sofre uma interrupção devido ao feriado de carnaval. 

Hoje recebem os segurado com benefício terminado em 1 que ganham um salário mínimo.

Segundo o INSS, 36 milhões receberão aposentadorias, pensões e auxílios que variam de um salário mínimo, no valor de R$ 1.212, ao teto do INSS, de R$ 7.087,22 em 2022.

Recebem primeiro parte dos segurados que ganham um salário mínimo. Depois, é feita a liberação dos valores para quem tem benefício maior.

Leia Também

VEJA O CALENDÁRIO PARA QUEM GANHA O SALÁRIO MÍNIMO
Final do benefício Data do depósito

  • 1 21/02
  • 2 22/02
  • 3 23/02
  • 4 24/02
  • 5 25/02
  • 6 03/03
  • 7 04/03
  • 8 07/03
  • 9 08/03
  • 0 09/03

VEJA O CALENDÁRIO PARA QUEM GANHA ACIMA DO SALÁRIO MÍNIMO
Final do benefício Data do depósito

  • 1 e 6 03/03
  • 2 e 7 04/03
  • 3 e 8 07/03
  • 4 e 9 08/03
  • 5 e 0 09/03

Funcionamento dos bancos no Carnaval

a Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN) informa que, em razão de resolução do Banco Central do Brasil, o calendário de feriados bancários está mantido e nos dias 28/02 e 01/03 - segunda e terça-feira de carnaval - não haverá atendimento ao público nas agências. Já na quarta-feira de cinzas (02/03) o início do expediente será às 12h, no horário local, com encerramento em horário normal de fechamento das agências.

Nas localidades em que as agências fecham normalmente antes das 15h, o início do atendimento ao público será antecipado, de modo a garantir o mínimo de 3 horas de funcionamento.

A FEBRABAN orienta os clientes a utilizarem preferencialmente os canais digitais, como sites e aplicativo dos bancos, para a realização de transferências e pagamento de contas nos dias em que não houver expediente bancário nas agências.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários