Paulo Guedes tenta mostram a Bolsonaro que economia está indo bem no Brasil
Antonio Cruz/Agência Brasil
Paulo Guedes tenta mostram a Bolsonaro que economia está indo bem no Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a atacar as projeções feitas para este ano pelo mercado financeiro em conversa com o presidente Jair Bolsonaro (PL). A declaração é uma tentativa de convencer Bolsonaro de que a economia está de vento em popa.

Entretanto, Guedes está pressionado com a alta da inflação prevista para 2021, que deverá passar dos 10%, segundo especialistas. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) só divulgará os dados na próxima terça-feira (11).

Para Bolsonaro, o ministro se disse cético com o pessimismo e garantiu uma melhora economia acima de países desenvolvidos.

"Erraram tanto que eu estou cético em relação ao pessimismo do mercado no ano que vem. Vão errar todas", teria dito Guedes.

Leia Também

Para 2021, o mercado espera um crescimento de 4% na economia, mas há a descrença de continuidade dos bons números. Neste ano, bancos projetam alta de 1% no Produto Interno Bruto (PIB) do país.

Paulo Guedes, no entanto, acredita que esse cenário poderá mudar no decorrer do ano. O ministro avalia que o Auxílio Brasil e o programa de privatizações do governo podem colaborar na melhora das perspectivas do mercado.

Guedes já havia criticado dados pessimistas sobre a economia brasileira. No fim do ano passado, o ministro de Bolsonaro atacou projeções do Fundo Monetário Internacional (FMI), o que provocou a retirada do escritório do fundo no Brasil.

Embora dados do FMI e do próprio Banco Central colocassem as ações do governo em xeque, o ministro fez questão de ressaltar o crescimento econômico em V após o período mais complicado da pandemia.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários