Desemprego cai para 12,1% em outubro
Agência Brasil
Desemprego cai para 12,1% em outubro

A taxa de desemprego no Brasil caiu para 12,1% entre agosto e outubro de 2021. O número de pessoas desocupadas chegou a 12,9 milhões — 1,5 milhão a menos em comparação com o trimestre anterior, quando o desemprego atingia 13,7% da população. No ano passado, nesta mesma época, a taxa era de 14,6%, e 14,6 milhões estavam desempregados. Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

Também houve uma queda no número de brasileiros desalentados — isto é, que desistiram de procurar trabalho. Segundo o IBGE, até outubro, 5,1 milhões de pessoas estavam nessa condição, 199 mil pessoas ou 3,8% a menos do que entre maio e julho. Em relação ao mesmo período de 2020, esse número caiu 11,9% (menos 683 mil pessoas).

Aumento do trabalho informal

A recuperação do mercado de trabalho vem sendo puxada pelo aumento do número de trabalhadores informais. Até outubro, 12 milhões de brasileiros estavam trabalhando sem carteira assinada — 9,5% ou 1 milhão a mais frente ao trimestre anterior e 19,8% ou 2 milhões de pessoas a mais em relação a igual trimestre de 2020.

Enquanto isso, o emprego com carteira assinada chegou a 33,9 milhões de brasileiros, o que representa um aumento de 4,1% (1,3 milhão de pessoas) ante o trimestre anterior e de 8,1% (2,6 milhões de pessoas) frente a 2020.

Brasileiros estão ganhando menos

Os dados do IBGE também revelam uma queda na renda dos brasileiros. Entre agosto e outubro deste ano, o rendimento médio mensal das pessoas ocupadas foi de R$ 2.449. O valor é 4,6% menor do que o registrado no trimestre anterior (R$ 2,566), e 11,1% mais baixo do que o do mesmo período de 2020 (R$ 2.756).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários