Combustível
Reprodução/ Proteste.org
Combustível

A gasolina está cara no Brasil todo, mas em dez estados a alta não acompanhou a média nacional. O preço do combustível subiu 46% entre os meses de outubro de 2020 e outubro de 2021. A média de venda no país saltou de R$ 4,358 para R$ 6,341 por litro. Os dados foram obtidos pela Fiquem Sabendo no site da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

As maiores variações estão na Bahia (57%), Piauí (56%), Espírito Santo (55%) e Amazonas (55%). Acesse  aqui o levantamento utilizado pela Fiquem Sabendo.

A ANP realiza um acompanhamento dos preços praticados por revendedores de combustíveis automotivos e de gás por meio de uma pesquisa semanal de preços. 

No levantamento de preços da agência, é possível encontrar informações sobre os seguintes produtos: etanol hidratado, gasolina aditivada, gasolina comum, GLP, GNV, óleo diesel e óleo diesel S10. Além da pesquisa nacional, também é feito um estudo por região, por estado e por município.

Veja os valores da sua cidade:

  • Acesse o site da ANP: https://www.gov.br/anp/pt-br
  • No menu ao lado esquerdo da tela, busque por Assuntos > Preços e Defesa da Concorrência
  • Na página sobre “Preços e Defesa da Concorrência”, clique em ‘Preços’. Uma aba vai abrir com a instrução “Clique Aqui” 
  • Busque por “Preços de Revenda e de Distribuição de Combustíveis” 
  • No final da página “Preços de Revenda e de Distribuição de Combustíveis”, é possível encontrar o texto “Série histórica do levantamento de preços”.  Clique para acessar todo o conteúdo 

Fiquem Sabendo , agência de dados especializada no acesso a informações públicas". Veja o  Twitter da agência. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários