Bolsonaro sugere aumentar salário de servidores com verba da PEC dos Precatórios
O Antagonista
Bolsonaro sugere aumentar salário de servidores com verba da PEC dos Precatórios

O presidente Jair Bolsonaro sugeriu nesta segunda-feira (15) que a folga no teto de gastos obtida com a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios poderá ser usada para reajuste dos servidores federais. Segundo estimativas do Ministério da Economia, a PEC abre R$ 91 bilhões do orçamento do governo. 

"Dá para atender a população mais carente, dá para atender a questão orçamentária e pensamos até, dado o espaço que está sobrando, em atender até em parte os servidores", disse durante entrevista em Dubai, onde está em viagem.

Até o momento a PEC sequer foi pautada na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado. A expectativa é que o texto enfrente resistência justamente pela parte que prevê alteração no modelo de cálculo do teto de gastos.

Desde 2019, quando o ministro da Economia Paulo Guedes pediu "um esforço" aos servidores, o salário deles está congelado. Enquanto isso, a inflação acumula 10,67% em 12 meses. 

Leia Também

A PEC também vai pancar as parcelas de R$ 400 do Auxílio Brasil, previsto para iniciar os depósitos nesta quarta-feira (17). Além disso, deputados e senadores articulam engordar o repasse de emendas parlamentares. 



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários