Analista aponta que Bitcoin pode cair mais de 50% no curto prazo

Embora o lançamento de um ETF de Bitcoin nos EUA, depois de mais de oito anos de espera, tenha feito o preço do BTC bater novos máximos históricos ele também pode ser o catalisador de uma baixa no mercado.

Segundo analistas, o ETF gerou um grande FOMO (medo de perder) no mercado. Contudo, como o ETF é baseado em futuros de BTC, esse tipo de instrumento não impacta o preço do BTC no varejo. Além disso, é um produto muito difícil para os investidores comuns.

Agora que o hype vem baixando e os investidores vão conhecendo o ETF, preço do BTC tende a recuar.

Esta é a opinião do analista de criptomoedas conhecido como Cred. De acordo com o analista, o Bitcoin pode cair para menos de US$ 52.000 com o mercado superalavancado.

“Se vamos mergulhar mais fundo eu não sei dizer com certeza. Mas se isso ocorrer, eu acho que vamos recuar para alguma marca entre US$ 44 mil e US$ 52 mil”, disse.

Leia Também

Para ele, essa queda dependerá de como o mercado de traders alavancados estiver posicionado. Afinal, se eles forem capazes de comprar nas quedas, isso vai segurar um recuo maior no BTC.

Nesse sentido, ele acredita que o suporte entre US$ 56.000 e US$ 58.000 seria uma base forte para a continuação da alta do BTC.

“Mas em termos de configurações de comércio na estrutura, sua configuração mais próxima é um movimento abaixo da baixa da semana anterior para o suporte de US$ 56 mil a US$ 58 mil”, aponta.

Leia Também

Bitcoin

Assim como Cred, o CEO da Crypto Quant, Ki Young Ju, também espera alguma volatilidade.

O analista afirmou que o mercado parece excessivamente alavancado à medida que o índice de alavancagem estimado do BTC, que rastreia o índice de contratos em aberto dividido pela reserva de uma exchange, parece estar se aproximando de um novo máximo histórico.

“O índice de alavancagem estimado do BTC está prestes a atingir o máximo do ano. Parece óbvio que o mercado está excessivamente alavancado agora. Veremos alguma volatilidade em breve”, disse.

Fonte: Ki Young Ju / Twitter

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários