Saldo do FGTS pode ser consultado pelo aplicativo ou site da Caixa
Redação 1Bilhão Educação Financeira
Saldo do FGTS pode ser consultado pelo aplicativo ou site da Caixa

A Caixa Econômica Federal anunciou que encerrou, nesta terça-feira (24), os depósitos dos lucros do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Ao todo, o banco depositou cerca de R$ 8,1 bilhões para 191 milhões de contas ativas ou inativas. 

A distribuição dos valores, segundo a Caixa, será de 1,8% sobre o saldo da conta do trabalhador existente em 31 de dezembro de 2020. Ou seja, a cada R$ 100 de saldo, serão creditados R$ 1,86. 

De acordo com a estatal, a previsão inicial era que os depósitos fossem encerrados na próxima terça-feira (31), mas a necessidade de movimentar as contas fez a Caixa optar pela agilidade na distribuição dos valores. Entretanto, os beneficiários só poderão sacar os lucros do FGTS em situações específicas: demissão por justa causa, aposentadoria, aquisição de imóvel ou ficar mais de três anos sem carteira assinada. Quem retirou valores no saque emergencial do FGTS e não deixou saldo em conta, não receberá os lucros deste ano.

Como consultar

As consultas do saldo do FGTS podem ser feitos pelo aplicativo do benefício, disponível em todas as plataformas digitais. O trabalhador deve realizar o cadastro e acessar a página principal para obter informações sobre os valores depositados na conta.

Também é possível consultar os detalhes da conta do FGTS pelo site da Caixa, basta fazer o login e buscar pelo saldo do benefício.

  • Acesse o endereço  www.caixa.gov.br/extrato-fgts  ou clique no botão abaixo.
  • Informe o número do seu NIS ou CPF e clique em “cadastrar senha”.
  • Leia o regulamento e clique em “aceito”.
  • Preencha todos os campos com os seus dados pessoais.
  • Crie uma senha com até 8 dígitos, com letras e números, e confirme. Você será direcionado para a tela de login novamente.
  • Preencha os campos com NIS ou CPF, insira a senha cadastrada e o botão Acessar.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários