Empresas deverão reduzir consumo de energia elétrica entre quatro e sete horas
Marcelo Casal Jr./Agência Brasil
Empresas deverão reduzir consumo de energia elétrica entre quatro e sete horas

O Ministério de Minas e Energia anunciou nesta segunda-feira (02) o lançamento de um programa para incentivar empresas a reduzir o consumo de energia elétrica. A medida, segundo a pasta, visa evitar as possibilidades de apagão no fim do ano, após o início da crise hídrica no país. 

A adesão ao programa será feito apenas para empresas que registram grande consumo de energia elétrica. O objetivo é reduzir o consumo de quatro a sete horas por dia em troca de compensação financeira. O valor, no entanto, não foi divulgado pelo MME. 

Para participarem da iniciativa, as empresas deverão informar o interesse para o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) com dados de economia de energia e quanto desejam receber em compensação. Cimentos Apodi, Braskem, Gerdau e Rima são algumas empresas que anunciaram adesão ao programa de racionamento.

"O objetivo da proposta é viabilizar, sob a ótica da demanda, alternativa que contribua para o aumento da confiabilidade, segurança e continuidade do atendimento eletroenergético aos consumidores do País, buscando sempre os menores custos", disse o MME.

, dentre outras companhias intensivas na demanda por luz, já aderiram ao programa. A ideia é contornar a alta contínua do preço da energia causada pela contratação de usinas térmicas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários