Mães solo relatam que tiveram auxílio emergencial de R$ 375 bloqueado pelo governo
Marcello Casal Jr./Agência Brasil
Mães solo relatam que tiveram auxílio emergencial de R$ 375 bloqueado pelo governo

Desempregadas e ainda dentro dos critérios de concessão do auxílio emergencial de R$ 375, mães solo relatam que estão há pelo menos três semanas com o benefício bloqueado, sem qualquer justificativa por parte do governo nem a possibilidade de recorrer. Um perfil criado no Instagram chamado "Mães Solos Bloqueadas" reúne denúncias de mulheres que dizem não receber o auxílio desde 11 de junho.

A denúncia foi feita pelo grupo de mulheres ao UOL, que entrou em contato com o Ministério da Cidadania , a Caixa e a Dataprev para tentar entender a situação, sem sucesso. O ministério chegou a responder, pedindo os dados das mulheres que faziam os relatos de bloqueio do auxílio, mas, após receber, não justificou a falta de pagamentos.

Segundo as denunciantes, ao entrar no aplicativo Caixa Tem é exibida uma mensagem padrão, que diz que o auxílio foi bloqueado porque a beneficiária não preenche mais os requisitos para receber. O grupo nega e diz que a situação não mudou e elas ainda fazem parte do grupo de beneficiários do auxílio, mais limitado em 2021 em relação ao ano passado.

A lei do auxílio emergencial 2021 diz que as mulheres chefe de família com pelo menos uma criança menor de idade em casa têm direito a quatro parcelas de R$ 375 - atualmente o maior valor do benefício -, desde que estejam desempregadas e se enquadrem nos critérios de renda do programa social.

Sem saída, as mães solo dizem ter tentado entrar em contato com o governo de diferentes formas, como o Fala.Br, os telefones de contato e as redes sociais do governo e da Dataprev, sem retorno até o momento. Com o auxílio bloqueado e a renda impactada pela pandemia, as mulheres criaram o perfil no Instagram, que hoje já supera os 400 seguidores, buscando uma saída e uma forma de ter a resposta do governo sobre os motivos dos bloqueios do auxílio.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários