Bolsonaro
Redação 1Bilhão Educação Financeira
Bolsonaro

Em conversa com apoiadores na saída do Palácio do Alvorada na noite de ontem (1º), o presidente Jair Bolsonaro , ao ser perguntado sobre a agenda de privatizações de Paulo Guedes , disse acatar com "dor no coração", mas justificou a medida pelo que chamou de presença de " socialistas " em empresas estatais. 

"Nós temos que acabar com o que para eles, da esquerda, sempre foi ninho de rato. São os parasitas, bernes e carrapatos ", disse Bolsonaro.

Ele destacou ainda que este não é o caminho para resolver a crise econômica brasileira, mas defendeu o livre mercado. "Não é dessa forma que resolve as questões macroeconômicas. São experiências que tivemos no passado com os mais variados planos econômicos, que não deram certo. Tem que ser o livre mercado", disse. 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários