IBGE
Redação 1Bilhão Educação Financeira
IBGE

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) recebeu  R$ 71,6 milhões do governo federal para realização do Censo Demográfico 2022 . O repasse foi desbloqueado pelo  Ministério da Economia por meio de crédito suplementar um mês depois do Supremo Tribunal Federal ordenar a realização da pesquisa no ano que vem.

O instituto disse à Folha de São Paulo que pretende usar o dinheiro na preparação e na contratação de analistas temporários. 

“No dia 21 de junho de 2021, foi publicada no Diário Oficial da União a Portaria nº 7.048, pela qual o Ministério da Economia liberou para o IBGE R$ 71 milhões. Esse montante se destina a custear a permanência, até o final de 2021, dos analistas censitários temporários, que já trabalham no Instituto em operações preparatórias para o Censo Demográfico, a ser realizado em 2022”, disse o IBGE.

“Entre várias outras atividades preparatórias, o IBGE está se preparando para a realização de um teste de homologação de equipamentos e sistemas, a fim de realizar os últimos ajustes, se necessários. Este teste será realizado este ano nos municípios de Paulo de Frontin, Angra dos Reis e Paraty”, finalizou.

O IBGE saiu de um orçamento de R$ 2 bilhões para R$ 53 milhões no ano passado, o que inviabilizou a pesquisa pelo segundo ano seguido. O Censo ocorre a cada dez anos, e já havia sido adiado em 2020 em razão da pandemia. 



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários