Marcelo Queiroga deve receber diretor-executivo do Procon-SP pela segunda vez em um mês
Divulgação/Agência Senado/Jefferson Rudy
Marcelo Queiroga deve receber diretor-executivo do Procon-SP pela segunda vez em um mês

O Procon-SP deve marcar uma nova conversa com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, para solicitar o bloqueio de reajustes de planos de saúde em meio à pandemia. Essa será a segunda reunião entre o instituto e Queiroga em um mês. 

De acordo com o diretor-executivo do Procon-SP, Fernando Capez, os reajustes durante o aumento de casos da doença é prejudicial ao consumidor. Ele ressalta que o Ministério poderia emitir diretrizes com proibição de alterações de valores dos planos, como foi feito ano passado. 

O instituto também deve solicitar a Queiroga uma determinação para melhorar a transparência nos boletos enviados aos consumidores . Segundo Capez, o consumidor deve conhecer os aspectos que formam o preço dos planos de saúde e custos dos hospitais. 

Fernando Capaz e Marcelo Queiroga se reuniram em meados de maio para discutir os reajustes em planos de saúde, considerado pelo Procon como abusivos. As empresas prestaram informações a instituição, que ainda investiga o caso. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários