Smart Fit anuncia IPO que pode levantar R$ 3 bi
Fernanda Capelli
Smart Fit anuncia IPO que pode levantar R$ 3 bi

Investigado no inquérito das fake news no Supremo Tribunal Federal (STF), o dono da rede de academias SmartFit , Edgar Corona, agora trava uma guerra com os sócios . Perto de se lançar na bolsa de valores brasileira, o empresário é acusado de inflar o balanço da empresa, segundo apuração da Veja. 

Com tudo pronto para o IPO (initial public offering), parceiros do bolsonarista pediram na Justiça o bloqueio de parte das ações da empresa para assegurar uma fatia no empreendimento. Segundo os sócios, Corona cometeu irregularidades ao apresentar o caixa  à Comissão de Valores Imobiliários (CVM). Além disso, os colaboradores teriam sido proibidos de participar da oferta de ações.

O caso está na 2ª Vara Empresarial de São Paulo e envolve a ADV Esporte, braço da Smart Fit em Brasília, que responde por cerca de 8% do faturamento total da rede.

“Causa estranheza o fato de a Smart Fit não ter destacado a existência do presente processo na sua minuta do prospecto preliminar da oferta de ações”, diz a petição.



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários