Em evento com Bolsonaro no Rio Grande do Norte, operários fizeram o
Divulgação/Ministério do Desenvolvimento Regional
Em evento com Bolsonaro no Rio Grande do Norte, operários fizeram o "L", símbolo de apoio a Lula

Um grupo de trabalhadores da barragem de Oiticica, em Jucurutu, no Rio Grande do Norte, posou para foto com o presidente Jair Bolsonaro  nesta quinta-feira (24) fazendo o tradicional gesto de apoio ao ex-presidente Lula (PT), o 'L' com a mão.

Segurando uma bandeira do Brasil, quatro operários aparecem na foto com o atual presidente fazendo o 'L', ato notabilizado pelo caráter de apoio a Lula, principal concorrente de Bolsonaro para as eleições presidenciais de 2022, de acordo com as pesquisas mais recentes .

A imagem foi publicada pelo Ministério do Desenvolvimento Regional no Instagram e circula pelas redes sociais, com destaque para os 'infiltrados' no registro compartilhado pela pasta do atual governo. No mesmo evento, Bolsonaro chegou a citar Lula, dizendo que "Muitos estão com saudades de um presidente que era acusado de corrupção, de comprar parlamentares, de corromper as pessoas e de assaltar a Petrobras".

Acompanhado pelo ministro do Desenvolvimento Regional,  Rogério Marinho , Bolsonaro também polemizou por outro motivo no Rio Grande do Norte: sem máscara, como de costume, o presidente pediu para uma criança de 10 anos tirar sua máscara para falar no palco . Quando a garota remove o objeto de proteção contra o novo coronavírus, Bolsonaro faz sinal de aprovação com as mãos.

A obra na barragem de Oiticica

De acordo com o ministério chefiado por Rogério Marinho, o empreedimento visitado por ele e Bolsonaro nesta quinta-feira deve ser concluído até o fim de 2021 e vai atender "cerca de 330 mil pessoas de oito cidades potiguares".

"A barragem, que vai receber as águas do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco, tem, até o momento, 90,81% de execução e deve estar totalmetne concluída até dezembro de 2021. O investimento total é de R$ 657,2 milhões, sendo R$ 638,2 milhões do governo federal", diz texto do ministério que acompanha a fotografia marcada pelos operários 'cutucando' Bolsonaro e sugerindo o apoio a Lula.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários