Empresários fazem uso de motociata para criar rede de apoio a Bolsonaro
Reprodução: iG Minas Gerais
Empresários fazem uso de motociata para criar rede de apoio a Bolsonaro

Empresários apoiadores do presidente Jair Bolsonaro usaram a 'motociata' que ocorreu no último sábado, em São Paulo, para realizar o cadastro de pessoas que estiveram na manifestação em apoio ao mandátário do Executivo. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

Segundo o grupo organizador, o banco de dados reuniu mais de 500 mil contatos . Para justificar o preenchimento, os empresários disseram que se tratava de uma questão de proteção de Bolsonaro, sob orientação do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) . Com isso, o grupo pretende aumentar a rede bolsonarista nos meios digitais, além de ter uma rede para fins comerciais. 

O questionário exigia dados como nome completo nome completo, CPF, número de celular, data de nascimento, e-mail, nome da mãe, modelo da moto e placa. Um dos principais organizadores é Jackson Vilar da Silva, que é presidente da Embaixada do Comércio de São Paulo. 

Ao jornal, o GSI informou, por meio de nota, que “não se manifesta sobre protocolos de segurança e outras ações”. Uma praça de pedágio na Rodovia dos Bandeirantes contabilizou 6,6 mil motos. Por outro lado, a Polícia Militar diz que 12 mil motociclistas estavam na manifestação. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários