Coletiva de atualização de informações da Covid-19 no Estado de São Paulo
Reprodução: ACidade ON
Coletiva de atualização de informações da Covid-19 no Estado de São Paulo

O Governo do Estado de São Paulo anunciou nesta quarta-feira (09) que prorrogará a fase de transição do Plano São Paulo de combate à Covid-19 até 30 junho. Com a decisão, estabelecimentos comerciais, academia, bares e restaurantes poderão atender presencialmente entre 6h e 21h. 

A medida acontece após registro de aumento de casos de Covid-19 no estado e no país. O Brasil ultrapassa as 476 mil mortes pela doença, sendo que 115 mil óbitos foram registrados no estado de São Paulo, de acordo com dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass)

"O Centro de Contingenciamento vê com preocupação o momento que estamos enfrentando na pandeia, com elevação, ainda que em velocidade pequena, do número de internações hospitalares e uso de leitos de UTI, por isso, não  recomendou o afrouxamento dessa fase de transição por mais duas semanas", disse João Gabbardo, membro do Centro de Contingenciamento.

Os membros da comissão ainda sugeriram a redução do horário de funcionamento do comércio em regiões em que leitos de internação estão lotados. O governo deu autonomia para cidades em situação grave para definir a melhor estratégia de restrição, determinação corroborada em decisão do Supremo Tribunal Federal (STF).

"O governo encaminhará aos municípios que estão com uma taxa de ocupação acima de 90% dos leitos de UTI para avaliem a necessidade de tomar medidas mais restritivas do que aquelas que já estão estabelecidas no plano Nós sugerimos a redução de horário de funcionamento de determinados setores econômicos, como o comércio, em algumas regiões", completou Gabbardo.

Horários de funcionamento na fase de transição 

  • Atividades comerciais: 6h às 21h com 40% da capacidade
  • Atividades religiosas: Autorizadas com 40% da capacidade e distânciamento entre os fiéis
  • Bares e Restaurantes: Consumo local das 6h às 21h com 40% da capacidade e distânciamento entre as mesas 
  • Salões de beleza e barbearia: Atendimento local das 6h às 21h
  • Atividades culturais e esportivas: Atendimento local das 6h às 21h

Em comunicado, o governo ressaltou que o toque de recolher está mantido entre 21h e 5h. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários