Caso Beto
Reprodução: iG Minas Gerais
Caso Beto

A rede de mercados Carrefour informou nesta quarta-feira (9) estar avançando nas negociações de um  Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) no valor de R$ 120 milhões . O pagamento é referente à celebração de acordos com autoridades e associações civis motivadas pelo assassinato de um cliente negro em uma loja da rede em Porto Alegre (RS), no ano passado.

João Alberto Silveira Freitas foi espancado até a morte por seguranças do estabelecimento. O crime aconteceu no estacionamento do Carrefour de Passo D’Areia, na capital gaúcha.

De acordo com a rede, os recursos já estão previstos no balanço.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários