Jair Bolsonaro deve editar medida de redução de salários nesta quarta-feira (28)
O Antagonista
Jair Bolsonaro deve editar medida de redução de salários nesta quarta-feira (28)

O presidente Jair Bolsonaro deve editar até quarta-feira (28) o programa de redução de jornada, salários e suspensão de contratos de trabalho (BEm) . A informação é da colunista Carla Araújo, do UOL .

A medida é uma das prioridades do governo do federal para a manutenção de emprego em meio à pandemia . O benefício deverá custar R$ 10 bilhões aos cofres públicos, que devem ser computados fora do Teto de Gastos. O retorno do benefício foi possível após a Câmara aprovar um projeto para não contabilizar gastos emergenciais no teto.

Embora se tenha expectativa para a edição da matéria nesta quarta-feira, Bolsonaro poderá adiantar a assinatura e publicar no Diário Oficial da União (DOU) ainda nesta terça-feira (27).

A nova rodada do benefício deve atingir 5 milhões de trabalhadores e proporcionará reduções proporcionais de jornada e salário em 25%, 50% ou 70%, ou suspensão total do contrato durante 4 meses. O governo paga a redução relativa ao seguro-desemprego (entre R$ 1.100 e R$ 1.911,84).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários