null
Ana Carol Soares
undefined


Apesar do novo auxílio emergencial ser uma das conquistas do governo e da sociedade civil no enfrantamento da pandemia, o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) apontou que o valor médio de R$ 250 não é suficiente para comprar uma cesta básica por mês, que, em média, tem valor de R$ 600 na maioria dos estados do Brasil

O pagamento do novo benefício começa nesta terça-feira (6). No caso de uma família de quatro pessoas que tem somente o auxílio como fonte de renda, o Dieese simulou que o gasto diário ficaria em média R$8,33, compatível ao poder de compra para adquirir menos de um bife por dia, meio copo de leite, uma concha e meia de feijão e três colheres de arroz.

Leia também

"Como facilmente se conclui dos dados, o novo Auxílio não terá a menor condição de garantir segurança alimentar. Por isso, pode-se considerar que este Auxílio é de fome", constatou o documento.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários