Governo ainda não conseguiu reaver todos os recursos
Antonio Scorza / Agência O Globo
Governo ainda não conseguiu reaver todos os recursos

O Governo Federal errou no cálculo de distribuição do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica ( Fundeb ). Do orçamento total do programa que é de R$ 1,18 bilhão, 65%, ou seja,  R$ 766 milhões , foram transferidos incorretamente . O resultado foi que alguns municípios receberam a mais, e outros ficaram em falta.

De acordo com informação da Folha de São Paulo, os responsáveis pelo FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) notaram o problema no dia da transferência e informaram o Banco do Brasil, que realiza as transferências. Segundo o Ministério da Educação, não houve tempo para corrigir todas as inconsistências. Restou ainda uma diferença de R$ 31,5 milhões a ser corrigida, dinheiro que foi pago indevidamente a 32 municípios.

Apesar do esforço para que as devoluções fossem feitas, no fim, municípios de Ceará e Paraíba ainda ficaram com R$ 1,35 milhão a mais no total.

No Ceará, os municípios foram Cajazeiras, Caturite, Santana de Mangueira, Cajazeirinhas e Mãe D'Água, sendo Cazajeiras o que recebeu o maior aporte de recursos indevidos, R$ 1,17 milhão. Já na Paraíba, as cidades foram Bela Cruz, Tamboril, Croata e Pacuja.

O secretário-executivo do MEC, Victor Godoy Veiga, explicou à CNN que está "trabalhando para corrigir o problema até o fim deste mês, no pagamento de março." Sendo ele, "esse valor será cobrado dos municípios que receberam a maior transferência com correção da taxa Selic".


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários