Ministério da Economia revisa projeções para 2021
Jorge William / Agência O Globo
Ministério da Economia revisa projeções para 2021

BRASÍLIA — O Ministério da Economia revisou para cima a projeção de inflação para 2021 e, apesar das incertezas com a pandemia , manteve em 3,2% a expectativa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano.

A previsão da pasta é de que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a alta de preços no país, feche em 4,4%. No ano passado, a previsão era de 3,13%.

“O principal responsável pela elevação da projeção foi o preço dos alimentos. Todavia, as expectativas a partir de 2022 apontam convergência da inflação para o centro da meta”, diz o Boletim Macro Fiscal, divulgado nesta quarta-feira.

Já em relação ao PIB, o governo manteve a projeção do ano passado baseado em dados do primeiro bimestre, mas reconheceu que há incertezas relacionadas ao avanço da pandemia.

Você viu?

“As incertezas são elevadas com os desafios de enfrentamento à pandemia, mas deve-se considerar os indicadores no primeiro bimestre que apontam continuidade da recuperação da atividade econômica”, observa a nota.

A estimativa acompanha tendência do mercado. A última edição do boletim Focus, do Banco Central, mostrou que o mercado espera um crescimento de 3,23% do PIB neste ano. Há quatro semanas, a aposta era de avanço de 3,46%.

Com alta no número de casos e mortes pela doença, muitos estados e cidades acabaram decretando medidas de restrição de circulação e até lockdowns, que terão impacto na atividade econômica ainda no primeiro trimestre.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários