Paulo Guedes, ministro da Economia, e Rodrigo Maia, presidente da Câmara, enfrentam desentendimento público
Jorge William/Agência O Globo
Paulo Guedes, ministro da Economia, e Rodrigo Maia, presidente da Câmara, enfrentam desentendimento público


O deputado e ex-presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM - RJ) atacou, em sua conta no Twitter, a nova Proposta de Emenda Constitucional ( PEC ) que está em análise no Senado Federal. 

Maia conta que o programa Bolsa Família poderá ser “ignorado" pelo teto de gastos, ou seja - poderá excedê-lo, segundo o novo projeto. Para ele, isto é um “absurdo”, e que  as prioridades deveriam ser o auxílio e a vacina.

Veja


Você viu?



A nova PEC Emergencial está sendo discutida no Senado Federal após adiamento na semana passada. A justificativa era o pouco tempo hábil para leitura e análise da proposta, que reúne em si  outras três .

Se aprovada, a nova PEC permitirá um novo estado de Calamidade Pública, afrouxará as leis fiscais e dará suporte constitucional para medidas emergenciais de combate a pandemia.

A PEC também é decisiva para a criação de um novo auxílio emergencial, já que o  benefício depende de rearranjos fiscais. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários