Transações de pessoa física para pessoa física são o tipo de transação mais frequente
Luciano Rocha
Transações de pessoa física para pessoa física são o tipo de transação mais frequente

O total de chaves cadastradas no  Pix  sistema de pagamentos instantâneos, atingiu 159,38 milhões em janeiro, conforme divulgado nesta sexta-feira (12) pelo  Banco Central (BC). No fim de 2020, as chaves somavam 133,87 milhões.

No caso das pessoas físicas , as chaves passaram de 128,1 milhões em dezembro de 2020 para 152,47 milhões no primeiro mês de 2021. Para pessoas jurídicas , a variação foi de 5,77 milhões para 6,91 milhões.

O presidente do BC, Roberto Campos Neto , e diretores da instituição têm afirmado que a tendência é de um crescimento mais acelerado do Pix por empresas.

O total de cadastrados, por sua vez, ficou em 65,49 milhões em janeiro, sendo 61,5 milhões de pessoas físicas e 3,98 milhões de pessoas jurídicas. Em dezembro, o total era de 56,04 milhões, sendo 52,70 milhões de pessoas físicas e 3,34 milhões de pessoas jurídicas.

Já a quantidade mensal de transações foi de 200,24 milhões em janeiro, contra 144,53 milhões em dezembro. O valor mensal das transações pulou de R$ 121,47 bilhões no fim de 2020 para R$ 160,01 bilhões no primeiro mês de 2021.

O tipo de transação mais popular continua com folga sendo o de pessoa física para pessoa física , embora a porcentagem desse tipo de transferência venha caindo em relação ao total. Em novembro de 2020, era de 86,6%, caindo para 84,8% em dezembro daquele mesmo ano e 81,8% em janeiro de 2021.

Já as transações de pessoas físicas para empresas ocupa o segundo lugar, crescendo lentamente, de 5,22% em novembro, passando para 6,37% em dezembro de 2020 e alcançando 8,34% no início de 2021.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários