Brasil Econômico

Previsão da inflação é elevada
Pixabay
Previsão da inflação é elevada

A estimativa da inflação para 2021 foi elevada pela quarta semana seguida, alcançando 3,53%. A previsão é de analistas do mercado financeiro e foi divulgada nesta segunda-feira (1) no boletim Focus do Banco Central (BC).

Apesar da alta, a estimativa de 3,53% ainda está abaixo da meta central do país, que é de 3,75% para este ano. A meta é fixada anualmente pelo Conselho Monetário Nacional e, para cumpri-la, o BC eleva ou reduz a taxa básica de juros da economia, a Selic .

Com relação a 2022, os especialistas ouvidos pelo BC mantiveram a previsão de inflação em 3,50%, que também é o valor da meta oficial.

Além da inflação, os economistas preveem também uma alta no Produto Interno Bruto ( PIB ) para este ano. Na semana passada, a previsão era de 3,49%; nesta segunda, foi para 3,50%, a quarta alta consecutiva. Para 2022, o mercado manteve a estimativa em 2,50%.

Além da inflação e do PIB , os especialistas também estimaram outros indicadores. Confira:

  • Selic : 3,50% em 2021 e 5% em 2022.
  • Dólar : R$ 5,01 em 2021 e R$ 5 em 2022.
  • Balança comercial : US$ 55 bilhões em 2021 e US$ 49,70 em 2022.
  • Investimento estrangeiro : US$ 60 bilhões em 2021 e US$ 70 bilhões em 2022.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários