Brasil Econômico

Decisão passa a valer após a publicação no Diário Oficial da União
Instagram/Reprodução
Decisão passa a valer após a publicação no Diário Oficial da União

Em reunião realizada nesta sexta-feira (15), a Câmara de Comércio Exterior (Camex) aprovou a isenção de impostos para importação de produtos medicinais durante o combate à Covid-19. Dentre os produtos estão os sensores e cilindros de oxigênio .

A decisão acontece três semanas após o Governo Federal aumentar a alíquota para os produtos. Na época, a Camex afirmou que os cilindros de oxigênio passaram a ser tributados porque o Ministério da Saúde não incluiu os produtos como item essencial no combate à pandemia.

O Ministério da Economia informou, em nota, que a medida passará a valer a partir deste sábado (16), quando será publicado em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) .

Você viu?

Caos em Manaus

Desde quinta-feira (14), a cidade de Manaus passa por colapso no sistema de saúde causado pela falta de oxigênio nas Unidades de Terapia Intensivas (UTI) . Uma força-tarefa, com colaboração de estados, atletas e artistas, foi montada para enviar insumos para a região manauara.

A falta do material também provocou uma corrida para transferir pacientes para outros estados. Somados, Piauí, Maranhão, Distrito Federal, Paraíba, Pernambuco, Goiás, Ceará e Rio Grande do Norte , ofereceram 149 leitos de UTI. Estados como São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais também receberam pacientes de Manaus.

Ainda na quinta, o estado seu maior número diário de novos casos do coronavírus Sars-CoV-2 . Segundo boletim da Fundação de Vigilância em Saúde , foram contabilizados 3.816 contágios em um período de 24 horas, mais de mil a mais que o recorde anterior (2.763), registrado em maio de 2020. Do total, 2.516 diagnósticos são de moradores de Manaus. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários